O Ministério de Defesa da Índia confirmou a escolha do helicóptero CH-47F Chinook como melhor proposta na competição de helicópteros de transporte pesado da Força Aérea da Índia. (Foto: Boeing)

O Ministério de Defesa da Índia confirmou hoje pela primeira vez que na competição iniciada pela Força Aérea Indiana (IAF) para a aquisição de 15 helicópteros de transporte pesados a fabricante Boeing com o helicóptero CH-47F Chinook foi escolhida como fornecedora L1 (melhor proposta). O custo do contrato ainda vai depender do resultado da negociação com o fornecedor L1, que ainda não foi concluído mas está em andamento.

A informação foi divulgada hoje pelo Ministro da Defesa da Índia, Shri AK Antony, e surge poucos dias depois da Rússia divulgar uma nota de que ainda não estava confirmada a escolha da Boeing, e que a sua aeronave Mi-26T2 permanecia como candidata nessa competição. A informação da escolha do Chinook havia sido divulgada anteriormente no final do mês de outubro.

Sobre essa competição, AK Antony também afirmou que todas avaliações em campo com os helicópteros foram realizadas pelo pessoal da Força Aérea da Índia que determinou que a aeronave é compatível com todos requisitos dos militares indianos.

Adiamento da compra de 197 LUHs

Sobre a competição para compra de 197 helicópteros utilitários leves, o Ministério de Defesa da Índia disse que a decisão foi adiada e o processo está sob análise. (Foto: AgustaWestland)

Num outro assunto, o Ministério de Defesa não confirmou a decisão de compra de 197 helicópteros utilitários leves (LUHs) e disse que a competição está sob exame.

O processo de aquisição de Defesa estabelece diretrizes rigorosas para efetuar a máxima probidade e transparência nas transações de aquisição.

O ministro AK Antony disse que não estava confirmada a compra de helicópteros italianos. Sobre a acusação contra um oficial do serviço, como aparece nos meios de comunicação, a informação foi solicitada ao Governo da Itália.

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta
Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.