Um C-130 Hercules da Força Aérea da Indonésia (TNI-AU).

A Indonésia confirmou um plano para comprar adicionais aviões C-130 Hercules e outros aviões de transporte dos Estados Unidos para apoiar o desenvolvimento de sua arquitetura de defesa.

“No futuro, a Indonésia planeja comprar vários sistemas de armamentos primários, incluindo aviões C-130 Hercules e outros aviões de transporte pesado dos EUA”, disse o ministro da Defesa da Indonésia, Ryamizard Ryacudu, enquanto fazia uma visita de cortesia ao secretário de defesa James Mattis em Washington DC, na terça-feira (28).

A longo prazo, a Indonésia está comprometida em melhorar gradualmente seus sistemas de armamentos primários de forma autossuficiente e sob um esquema de parceria com países amigos, afirmou Ryacudu.

“Através da parceria, a Indonésia será gradualmente capaz de construir a indústria de defesa como parte da indústria estratégica nacional por conta própria”, observou ele.

O ex-chefe do Estado-Maior do Exército acrescentou que a Indonésia tinha como objetivo não apenas poder atender seus principais sistemas de armas, mas também vendê-los a países amigos.

Na reunião, as duas autoridades também concordaram em melhorar a cooperação militar e de defesa entre as duas nações em vários níveis, incluindo visitas mútuas de altos funcionários, intercâmbio de pessoal e estudantes de escolas de comando, educação de inteligência e troca de informações estratégicas.

“Devemos manter e melhorar as várias áreas de cooperação na forma de capacitação”, observou ele.

Em resposta, Mattis explicou que os EUA estão comprometidos em manter e melhorar sua cooperação de defesa com a Indonésia, cobrindo o intercâmbio de oficiais militares e estudantes, exercícios conjuntos e aquisição de sistemas de armas primários.

Os EUA também estão comprometidos em aumentar a cota de oficiais militares indonésios para participar de educação militar nos EUA.


Fonte: Antara News

Nota do Editor: A decisão do ministro indonésio de comprar aeronaves de transporte C-130 adicionais parece sinalizar que a Indonésia abandonou seus planos de compra de um pequeno número de aviões Airbus A400M, anunciados anos atrás, mas que nunca se firmaram.

Anúncios

12 COMENTÁRIOS

  1. Os EUA não tem avião de transporte maior que o C-130J a oferecer com o fechamento da linha do C-17, por enquanto está em pé a ideia de comprar os Airbus A400M para formar um novo Esq. e comprar alguns C-130J para substituir os C-130B com cinquenta anos de utilização.

    • Porque já tem histórico de uso desses aviões.
      Além do mais, no momento, a China está mais preocupada em integrar a economia da Indonésia à sua, no rastro do Sistema 'Belt and Road'.
      E os indonésios estão gostando muito da enxurrada de investimentos.
      E, no final, fica essa divisão. Caças avançados russos e transportes americanos. Está bom assim.

    • porque a China ameaça as ilhas da Indonésia no mar do sul da china. barcos de pesca chineses foram afundados quando violaram as águas da ilha Natuna. se informe mais sobre o imperialismo chinês contra a ASEAN

  2. Ei Indonésia! Temos o KC-390 saindo do forno! Dá uma forcinha aí!

  3. Não sei se falo besteira, mas acho que o KC 390 está demorando muito. E perdendo potenciais compradores a cada dia.

  4. A Indonésia resolveu modernizar seus C-130B e trocar o velho motor pelo do C-130E, a dois dias recebeu o primeiro, o serviço foi feito pela empresa AIROD da Malásia "Aircraft Inspection, Repair & Overhaul Depot" que já pertenceu a LM e hoje foi comprada por um grupo malaio, ela é referencia na Asia e tem contrato com os EUA para fazer as grandes revisões e manutenções nos C-130 americanos baseados na Ásia, inclusive no Japão.
    A Indonésia quer manter o compromisso de ter três Esq. de C-130 com oito anv cada e um de A400M

  5. Infelizmente com atraso do KC-390, calote de mocreia rousseff e acidente, governo do país faz certo. o A400M tem defeito fatal e um caiu na Europa e também não faz REVO para helicópteros.

Comments are closed.