Caça chinês Chengdu J-10.

O Irã estaria interessado em adquirir jatos chineses Chengdu J-10, investindo metade da assistência financeira de US$ 3 bilhões fornecida pelo Catar.

A ajuda de US$ 3 bilhões foi oferecida pelo Sheikh Tamim bin Hamad Al Thani, do Emirado do Catar, quando se encontrou com o presidente iraniano Hassan Rouhani em Teerã na semana passada.

Do fundo do Catar oferecido como compensação às famílias das vítimas mortas na queda do avião 737 da Ukraine International abatido pela Guarda Revolucionária Islâmica, Teerã planeja investir US$ 1,5 bilhão na compra de 36 jatos chineses, informa a publicação Sina News da China.

Isso contradiz relatos recentes da mídia estatal russa que há muito afirmam que Teerã estaria “seriamente interessado” em adquirir seus jatos. Esta é a segunda vez que o Irã demonstra interesse em adquirir jatos chineses J-10. Antes dos Su-30, em 2015 o Irã já havia informado que compraria até 150 jatos de combate chineses.

“Embora o Irã pareça estar interessado em jatos russos Su-30 comprovados em combate, o Irã pode escolher a alternativa chinesa à luz das recentes críticas contra aeronaves militares russas, principalmente por falta de peças de reposição”, disse a reportagem da Sina.

O interesse iraniano nos jatos Sukhoi Su-30 vem desde 2016.

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Notícia interessante de onde podemos extrair diversas considerações:
    1) o Catar com vultuosos negócios no ocidente está perdendo uma oportunidade de "ficar quieto". Se o dinheiro será para comprar caças então é ajuda militar, não é para as vítimas do acidente.
    2) A China vai aos poucos tomando o lugar da Rússia como fornecedor de armamentos.
    3) Somente pessoas muito ingênuas acreditam em informações da mídia estatal russa.
    4) Ninguém sabe de fato o real potencial do J-10.

    • Das duas uma ou o Catar sabia que o Irã usaria o dinheiro para comprar armas ou foi engando, mas uma coisa é certa depois disso se o Catar continuar a dar dinheiro para o Irã vai sofrer retaliação de meio mundo a começar pela Liga Árabe e depois pelos EUA.

    • Mais ingênuo são aqueles que acreditam na "Sina news" a mesma do "racha entre Tu-160 X F-35A" rsrs..
      Sobre a qualidade dos jatos chineses é difícil saber, pois o único que eles conseguiram exportar até agora é o JF-17 desenvolvido com o Paquistão e confeccionado com um motor Russo…
      J-10, J-31 os Sukhoi Xing ling etc, até agora permanece encalhados..

  2. Mídia Chinesa querendo promover seus caças..
    A experiência do Irã com equipamentos Chineses não foram muito boas, principalmente em relação aos mísseis..

  3. Essa já é beeeeem velha. Se fosse esse o caso, teriam fechado acordo em 2012.

  4. Ninguém vai vender nada para o Irã agora, o mero fechamento de contrato seria sinal verde para EUA, Arábia Saudita e Israel montarem um ataque para desmontar o regime. E o Irã não tem uma economia assim tão robusta.
    E o Catar, que burrice…

Comments are closed.