1044348871O ministro da Defesa do Irã confirmou que pode autorizar o uso de outras bases do país pela Rússia.

O ministro da Defesa do Irã Hossein Deqhan, disse que Teerã permitiu a Rússia usar seus aviões de guerra a partir da base aérea de Hamadan, e aproveitando, ele confirmou que não se descarta permitir a Moscou o acesso a outras bases.

A Rússia está utilizando a base aérea em Hamadan, no oeste do Irã, para lançar ataques a terroristas na Síria. As operações tiveram início na terça-feira (16).

Atualmente, o uso mais bases aéreas está fora do acordado, mas se as condições operacionais demandarem tal, serão tomadas decisões relevantes“, disse Hossein Deqhan, acrescentando que a força russa estacionada no Irã está por um período de tempo indeterminado.

Sobre o apoio prestado a esquadra russa na base aérea iraniana, o ministro disse: “Pode ser o caso de cuidar de pequenos reparos e até mesmo carregar os bombardeiros e caças.”

Tu-22M-Iran-1O ministro da Defesa também saudou a cooperação Irã-Rússia como de natureza “estratégica”, dizendo que isso contribuirá para que a região seja mais segura.

Hoje a nossa cooperação com os russos na luta contra a instabilidade e a insegurança, na busca pelo estabelecimento da paz e da segurança e arrancando o terror e o terrorismo da região“.

Na mesma, o secretário do Conselho Nacional de Segurança Ali Shamkhani, disse que a cooperação militar entre as nações sugere uma indicação de uma aliança estratégica entre Teerã e Moscou.

Durante as reuniões, os dois lados assinaram acordos para melhorar a sua colaboração de defesa, de modo agir em mais harmonia, particularmente quando se trata de combater o terrorismo.

O ministro disse que a aliança tem como objetivo resolver o conflito sírio. “Esperamos que os três países (Irã, Rússia e Síria) alcancem o objetivo final que não é nada mais do que o extermínio das capacidades dos terroristas o mais rapidamente possível.

Irã e a Rússia estão apoiando o governo sírio em uma batalha contra os militantes, que já deixou milhares de sírios mortos e milhões de refugiados.


FONTE: Tehran Times

 

11 COMENTÁRIOS

  1. Estou curioso para saber o que o Irã está ganhando com isso. Não duvido nada que o MiG-35 pouse por aquelas bandas…

  2. Irã e Rússia possuem objetivos comuns de livrar a Síria de terrorismo. Ceder sua base para Rússia é uma cooperação importante entre os dois países…

    • O objetivo comum é minimizar ao máximo o poder da Arábia Saudita no Oriente Médio. É só a minha teoria.

  3. Acho que isso tem dois objetivos. Por parte dos russos trata-se de botar pressão na V Frota da USN, que é sediada no Bahrein. Do lado iraniano a presença da aviação russa em seu território serve para inibir eventuais ações israelenses.

  4. ROliveira, HMS,

    Apenas complementando,

    Também está clara a possibilidade do Irã utilizar os russos como escudo ( ou seria tacape ) frente a qualquer mudança da atual política branda dos americanos através da construção de uma política de relações duradoura; um tratado de cooperação e amizade, ou coisa que o valha…

    Não é impossível os iranianos, sedentos por quebrarem a casca, forçarem uma relação com os russos logo ao ponto de ser algo similar as relações India-Rússia, tornando praticamente inviável um futuro bloqueio como tem vigorado nos últimos anos.

    Em suma, é o jogo da geopolítica.

  5. Na verdade essa manobra da Rússia visava apenas entrega do equipamentos do S-300 para o Irã. A Rússia fez isso pra não chamar atenção…

    • mas n há restrições quanto a entrega do S-300 ao Iran, uma vez que o S-300 é sistema de defesa, e n existe restrição sobre sistema de defesa

Comments are closed.