Germany_Tornado_recce
Os Tornado Recce são jatos Tornado IDS equipados com câmeras especiais e equipamentos de infravermelho. As aeronaves serão empregadas em missões de reconhecimento e vigilância / Foto: Bundeswehr, em caráter ilustrativo

Chegaram ontem (10) à Base Aérea de Incirlik, na Turquia, os dois primeiros jatos de reconhecimento Tornado Recce enviados pela Força Aérea da Alemanha (Luftwaffe) e que se juntarão à ofensiva internacional contra o Estado Islâmico (EI) na Síria.

A participação da Alemanha na coalizão internacional contra o terrorismo foi aprovada na última sexta-feira (4) pelo Bundestag, a câmara baixa do Parlamento federal alemão, seguindo os pedidos de apoio feitos pelo presidente francês, François Hollande, após os atentados em Paris ocorridos no dia 13 de novembro. O governo alemão se baseou no direito coletivo de autodefesa previsto pela Organização das Nações Unidas (ONU) e em uma cláusula do tratado da União Europeia que exige que os Estados-Membros ofereçam assistência militar.

A310MRTT_ILA2012_0558_800
Aeronave reabastecedora Airbus A310 MRTT em REVO com 2 jatos Tornado IDS / Foto: Bundeswehr, em caráter ilustrativo

Como parte da mobilização alemã, também foi enviado, além dos Tornado Recce, uma aeronave reabastecedora Airbus A310 MRTT. Nos próximos dias está prevista a chegada de mais 4 jatos de reconhecimento. As missões em território sírio, entretanto, não devem começar antes de janeiro.

O Bundestag também aprovou o envio de até 1.200 soldados, que irão servir como tropas de apoio à missão da Alemanha na Turquia e em outros lugares, incluindo o Qatar e Kuwait, em apoio à mobilização francesa. Os 40 primeiros soldados chegaram ontem à Turquia à bordo de uma aeronave de transporte Airbus A400M.

Berlin também enviou uma fragata para ajudar a proteger o porta-aviões francês FS Charles de Gaulle (R91). A Augsburgo, com 230 pessoas à bordo, está acompanhando o Charles de Gaulle em sua jornada através do Canal de Suez rumo ao Golfo Pérsico, de onde a França pretende realizar ataques aéreos contra posições do do EI.

https://youtu.be/eZrNdUiYrAY

divider 1

FONTE: Deutsche WelleBundeswehr

EDIÇÃO: Cavok

Anúncios

12 COMENTÁRIOS

  1. Otima noticia, so que não gostaria que ficassem na Turquia, espero que não utilizem combustivel derivado do petroleo fornecido pelo Daesh!

      • Já é o segundo lugar que vejo exatamente a mesma coisa escrita, inclusive com os dados do Fullback no final.

        • Eu conheço o site que começou isso…
          É de um site russófilo que acha que no oriente média só tem um santo…
          E claro, já cometeu uma trollagem…

          • Puts…
            O poder aéreo já foi um site bom…
            Complicado…
            Postam uma coisa de sabe-se lá a confiabilidade mesmo sem o ministério russo ter confirmado…

            • Esse tipo de "notícia" gera muito comentários por parte dos leitores, coisa que os artigos deles normalmente não tem, apesar do site ter um número de acessos muito bom. Então, nada como uma barrigada oportuna para dar uma movimentada nas coisas.

Comments are closed.