A Japan Airlines resolveu montar uma parceira com a Boom Supersonic para desenvolver a nova aeronave de passageiros que voará em velocidades de até Mach 2,2.

A Japan Airlines (JAL) está fazendo um investimento estratégico de US$ 10 milhões no Boom Supersonic e garantiu uma opção para compra de até 20 aeronaves Boom através de um acordo de pré-encomenda.

A Japan Airlines (JAL) concluiu uma parceria estratégica com a empresa americana Boom Supersonic, que busca desenvolver um transporte supersônico de nova geração. O acordo formaliza as relações entre as duas empresas que trabalham juntas nos bastidores há mais de um ano.

Aeronave desenvolvedora de tecnologia XB-1 da Boom Supersonic.

Como parte do acordo, a JAL está oferecendo também seu conhecimento e experiência como companhia aérea para apoiar a Boom no desenvolvimento da aeronave, que a fabricante projeta que possa voar em velocidades de Mach 2,2 com 50 passageiros, e reduzirá os tempos típicos de voo de Nova York para Londres para pouco mais de três horas.

No Salão Aéreo de Paris deste ano, a Boom anunciou um acordo com a especialista em fabricação Stratsys para permitir que a Boom use a tecnologia de impressão 3D baseada no Stratys FDM para peças das aeronaves de produção e ferramentas compostas avançadas.

Naquele momento, a Boom disse que esperava pilotar seu demonstrador supersônico XB-1 no próximo ano, um ano depois do anunciado quando o projeto foi divulgado publicamente em novembro de 2016.

1 COMENTÁRIO