Helicópteros não tripulado MQ-8C Fire Scout da Northrop Grumman.

Um representante da Northrop Grumman informou durante o Royal International Air Tattoo (RIAT) realizado em Fairford, no Reino Unido, que os militares japoneses estudam adquirir o helicóptero não tripulado MQ-8C Fire Scout para operar em seus navios de assalto anfíbio da classe Izumo, tornando o Japão o primeiro cliente de exportação da aeronave da Northrop Grumman.

O projeto até então não foi incluído na solicitação de orçamento do ano fiscal de 2018 e no atual orçamento aprovado, e portanto não deve acontecer em breve. No entanto, no programa de defesa de médio prazo para o período 2014-2018 existe uma nota: “A aquisição de veículos aéreos não tripulados será permitida dentro do número de helicópteros de patrulha (SH-60K) especificados”, significando que o número de helicópteros solicitados SH-60Ks poderia ser reduzido em favor de um helicóptero não tripulado.

O mais novo MQ-8C Fire Scott é um sistema de helicóptero autônomo, baseado na comprovada estrutura Bell 407, e comprovado em combate, que fornece Inteligência, Vigilância, Reconhecimento e Aquisição de alvos (ISR & T) em tempo real, designação de laser e gerenciamento de batalha para usuários táticos sem depender de aeronaves tripuladas ou ativos baseados no espaço. O Fire Scout tem a capacidade de operar a partir de qualquer navio ou base terrestre capaz de suportar requisitos persistentes de ISR & T.

A bordo dos porta-helicópteros da classe Izumo, o helicóptero não tripulado MQ-8C poderia ser usado como um sensor orgânico para atingir um alvo além do alcance visual, para realizar reconhecimento e ajudar a controlar a situação de combate em torno das formações dos navios.

Segundo a Northrop Grumman, este sistema completou mais de 16.600 horas de voo em mais de 6200 surtidas. O modelo comercial Bell 407 é um helicóptero maduro com mais de 1.600 células produzidas e mais de 4,4 milhões de horas de voo. Combinado com a maturidade da arquitetura de sistemas autônomos da Northrop Grumman, o Fire Scout atende aos requisitos do cliente para sistemas autônomos baseados em navios e terrestres.

Anúncios