Um jato A-10C Thunderbolt II, durante uma missão de treinamento, disparou “involuntariamente” um foguete perto de Tucson, no início da quinta-feira, 5 de setembro.

A Força Aérea dos EUA disse que o M-156, que dispara fumaça de fósforo branco para ajudar a marcar alvos e iniciar incêndios, caiu em uma área desértica a cerca de 100 quilômetros a nordeste de Tucson, em uma área desabitada designada Jackal Military Operations Area, que apoia missões de treinamento aéreo e noturno para as bases da Força Aérea de Davis-Monthan e Luke.

O A-10C Thunderbolt II estava designado com 354º Esquadrão de Caça da 355ª Ala.

No incidente, que aconteceu por volta das 10h40, e está sob investigação, ninguém ficou ferido e nenhum dano ou incêndio foi reportado desde o lançamento.

É a segunda vez em pouco mais de dois meses em que uma aeronave A-10 abre fogo em uma área não designada para essas operações. No início de julho, um avião A-10 da USAF da Base Aérea de Moody, no estado da Geórgia, jogou acidentalmente três bombas de treinamento na Flórida depois de atingir um pássaro.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS