Jato Hawk T1 no seu caminho para o Aeródromo de Old Sarum, sendo levado por um Chinook da RAF.

No dia 21 de agosto, um jato Hawk T1 ex-RAF voou novamente, entre a base de Boscombe Down para Old Sarum, mas o jato precisou de um pouco de ajuda… de um helicóptero Chinook.

O Chinook e a tripulação do Esquadrão 27, sediado na Base da RAF de Odiham, ajudaram no transporte incomum do Hawk para sua nova casa, como parte da Coleção Boscombe Down Aviation no Aeródromo de Old Sarum. Voando por uma distância relativamente curta através da zona rural de Wiltshire, o feito gerou uma visão única para aqueles que viajavam entre Salisbury e Amesbury.

Este movimento marca o 45º aniversário do Hawk, e é de fato o protótipo original que voou com a Empire Test Pilots School no dia 21 de agosto de 1974, tornando-se uma peça única dentro da Boscombe Down Aviation Collection, baseada em Old Sarum.

O Chinook da Real Força Aérea (RAF) raramente está longe das notícias. Recentemente foram vistos em apoio aos esforços para garantir a segurança da represa em Whaley Bridge, que movimentou mais de 620 toneladas de agregado durante os 5 dias. Esta incrível capacidade de transporte e precisão fazem o helicóptero perfeito para transportar cargas incomuns. Utilizando seus 3 ganchos, a aeronave pode levantar quase seu próprio peso e entregá-lo com precisão a um local com menos de 30 cm de precisão.

Todos os pilotos da Base da RAF deOdiham treinam regularmente com cargas incomuns, transportando desde contêineres até artilharia, o que lhes permite participar de quase todas as situações e é usado quase diariamente em operações.

“Esta carga particular vem com seu próprio conjunto de desafios únicos, sua forma relativamente pouco convencional torna mais complexo o equipamento de transporte, e também, pelo design, pode criar uma própria sustentação. Para superar isso, nós voamos lentamente para garantir que esses efeitos sejam minimizados enquanto sob a aeronave”, disse o piloto Flt Lt Chris Greensides.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS