A motocicleta voadora Speeder da Jetpack Aviation tem capacidade VTOL.

A Jetpack Aviation acelerou seu próprio projeto de veículo aéreo pessoal com o anúncio de que já está fazendo uma pré-venda da Speeder, uma motocicleta voadora auto-estabilizada, com turbina a jato, capaz de voar a 240 km/h, com 20 minutos de resistência e altitudes de até 15.000 pés.

A Speeder baseia-se na experiência em turbinas a jato JPA, desenvolvida ao longo dos anos, trabalhada nos impressionantes jetpacks da série JB da empresa. Ela usa um conjunto de quatro motores turbojatos, que combinam uma potência máxima combinada de 705 lbf – o suficiente para levantar a estrutura de 231 lb (105 kg) e um piloto de até 240 lb (109 kg).

Crucialmente, elas também são equipadas com um sistema de controle fly-by-wire que permite que o Speeder se auto-estabilize no ar, muito parecido com um drone quadcóptero. Rodando com querosene, JetA ou diesel, é possível ficar entre 10 e 22 minutos no ar, dependendo do peso do piloto e da altitude.

A moto voadora tem controles manuais, uma tela sensível ao toque de 12 polegadas para navegação e um sistema de rádio de aviação bidirecional integrado para comunicações ar-ar e ar-solo. A JPA diz que construirá versões diferentes para atender às categorias de ultraleves e recreativas sob a lei da FAA, o que significa que você poderá voar a versão ultraleve sem nenhuma licença. A versão da categoria experimental precisará de uma licença de piloto completa, mas a JPA está em contato com a FAA, tentando reduzir isso a um Certificado de Piloto de Recreação ou à Licença de Piloto Desportivo para facilitar a obtenção da licença.

Como os jetpacks da série JB – e de fato o Zapata Flyboard – é mais ou menos um tipo de pilotagem entre inclinação e aceleração, então será interessante ver como isso é conseguido através dos controles. Em termos de segurança, bem, há alguma redundância embutida no sistema e ele ainda pode se auto-estabilizar se um dos jatos cair. Mais do que isso, o CEO da JPA, David Mayman, disse que a Speeder possui sistemas de paraquedas balísticos e opções de recuperação, com a segurança sendo uma prioridade da empresa.

A Speeder tem um preço informado de US$ 380.000. Tem David Mayman e Nelson Tyler por trás do projeto, que provaram suas credenciais pessoais de aviação com centenas de voos a jato até hoje, e estão levando a coisa do voo pessoal muito a sério.

Eles agora também têm os recursos do programa Y Combinator, sendo um prova de que a Jetpack Aviation está se preparando para crescer nos próximos meses e anos.

Quanto a Speeder, a empresa planeja construir apenas 20 por enquanto. É possível reservar uma por US$ 10.000. Depois disso, toda a produção será dedicada ao uso militar e governamental. A versão militar será um pouco diferente, com uma turbina a jato adicional para redundância e elevação extra, e a capacidade de voar remotamente como um drone ou transportador de carga.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Mark Hamill viveu para ver a ficção se tornar realidade. Só não entendi uma coisa: "rodando com querosene"? O veículo só se movimenta no ar, pelo que eu entendi; sem rodas, também está longe de poder ser chamado de "motocicleta" voadora.

Comments are closed.