A aeronave KC-390 “PT-ZNG” foi usado nos testes em Yuma, Arizona.

O Centro de Testes de Yuma (YTC) é o principal centro de testes do Exército dos EUA para sistemas de entregas aéreas. E o KC-390 também está passou por testes neste local no Arizona, EUA.

Existem vários fatores que explicam isso, disse Carlos Anaya, Oficial de Testes de Entregas Aéreas. “A YTC tem instalações, mão-de-obra, instrumentação e excelente clima durante o ano todo para as operações de testes.”

O YPG também tem para-quedistas dedicados da USAF que desempenham um papel importante nesses tipos de testes.

“A equipe de Soldados, Operadores, Mantenedores e de Teste e Avaliação do YTC (SOMTE) são militares experientes que foram selecionados para serem não apenas montadores, mas também para testar os para-quedistas para os militares.”

Esses recursos são a principal razão pela qual outros países procuram a certificação de aeronaves pelo YPG.

Recentemente, o YPG recebeu cerca de 70 brasileiros, que incluíam mantenedores, pilotos de teste e engenheiros, que estavam no local para a certificação de teste de lançamento aéreo da aeronave Embraer KC-390. Nos testes foi usado o segundo protótipo do novo jato da Embraer, prefixo PT-ZNG.

O Embraer KC-390 é um avião de transporte militar bimotor a jato com uso multifuncional que a Força Brasileira pretende usar em breve. No entanto, a parte de certificação deve estar completa antes que a aeronave seja liberada para emprego operacional.

O pessoal do YPG apoiou a Embraer nos testes de entrega aérea para o KC-390. Foi um processo de certificação que incluiu a realização de vários testes para certificar o sistema. A Força Aérea Brasileira estabeleceu os requisitos e o YPG apoiou a Embraer na condução de todos os testes críticos.

Anaya explica: “O papel da YPG para este projeto era equipar todas as cargas úteis, embalar pára-quedas, coletar dados de instrumentação, fotografias, vídeo e suporte a coordenadas de alcance”.

Roberto Becker é engenheiro-chefe de testes de voo da Embraer, onde trabalhou por 30 anos. Embora esta não seja a primeira vez dele no YPG, é a primeira vez que ele vem para este teste. Após o teste, ele está confiante sobre as capacidades da aeronave.

“O avião é fantástico”, disse ele. “O avião está funcionando perfeitamente, sem problemas de funcionamento, o sistema está operando muito bem.”

Becker explica que a aeronave passou por uma certificação básica e agora a YPG está apoiando a certificação de missão militar. Ele está satisfeito com o processo. “A equipe do YPG é realmente profissional e eles sabem o que estão fazendo.”

Anúncios

8 COMENTÁRIOS

  1. E o fato de que, de um jeito ou de outro, os militares desta unidade americana terão uma amostra grátis das capacidades do KC-390 e muito assunto para passar para os seus colegas em outras unidades e no Pentágono.

    Face as atividades mais que intensas das forças especiais americanas, mesmo que o KC-390 nunca venha a ser adotado amplamente nas forças americanas regulares, as capacidades de transporte tático estendidas oferecidas pelo KC-390 dão um diferencial tão elevado no uso desta aeronave em operações especiais (em capacidade, navegabilidade e velocidade) que acho praticamente IMPOSSÍVEL que pelo menos algumas unidades de forças especiais americanas não pressionem pela compra de uma pequena frota desta nova aeronave da "BOEING" para atender as suas operações mais críticas…
    Sempre que alguém especular sobre a aquisição do KC-390 nos EUA é este pessoal do YTC (Yuma Test Center) que será primeiramente consultado sobre a aeronave e suas qualidades…

    • ahahahahahahah
      O C130J e o C17 mandam um abraço.
      Ainda bem que eu não frequento o facebook, aposto que tem maluco falando que IA2 é melhor que M16/Scar e etc…

      • Pelo visto você ainda adora andar de Ford Galaxy e Dodge Dart. Mas tem gosto para qualquer coisa. O C130 e o C17 são projetos antigos, com mais de 30 anos. Chega uma hora que não da mais para fazer atualizações, fica impossivel. O KC390 e o futuro, não tem nenhum concorrente no mercado. Mas como você disse " aposto que tem maluco falando que C130J ou o C17 são melhores e etc…" Um grande abraço.

      • Outra coisa, você ta comparando alho com bugalho. O C17 pertence a uma outra categoria de transporte. O KC390 não compete nesse nicho. Não sei se você sabe mas o C17 leva até 78 tons (171 mil lb) de carga útil. Já o KC390 leva 26 tons (57 mil lb), dentro da faixa do C130J, 33 tons (72 mil lb). O KC390 manda um forte abraço. kkk

    • Em questão de operações especiais, o c130 é imbatível. Como sempre, as pessoas estão mal informadas.

      O KC390 tem suas qualidades, mas não é em operações especiais que vencerá o C130.

      • O avião ainda não está nem operacional, com uma certificação sofrível com um incidente grave e um acidente grave com perda total e vc o considera imbatível…..coisa de louco.

        • Jurava que o C130 Hercules tinha 60 anos de uso, milhares de unidades fabricadas, diversas guerras e fosse usado por dezenas de países.

          A sua vontade de escrever besteira que é tão grande que nem lê o que está comentando.

        • Está confirmado, Walfrido. Vc vive em 1950. O C130 ainda não está operacional no seu universo.

          Sobre a certificação, vc tem razão. Como todo serviço estatal é uma porcaria.

Comments are closed.