A Guardia di Finança da Itália operará as aeronaves ATR 72MP.

Leonardo assinou um contrato com a Guardia di Finança da Itália, no valor de mais de 150 milhões de euros, para o fornecimento de três ATR 72MP e serviços de suporte técnico-logísticos relacionados.

O contrato conclui a aquisição de quatro aeronaves, cujo primeiro pedido foi realizado em julho de 2018, após vencer um concurso europeu. A primeira aeronave será entregue até o final de 2019, enquanto todo o suprimento será concluído até 2022.

Alessandro Profumo, CEO da Leonardo, disse: “Estamos orgulhosos que a Guardia di Finanza tenha escolhido se concentrar mais uma vez no nosso ATR 72MP, uma aeronave que expressa as capacidades tecnológicas da Leonardo nos mais altos níveis em termos de design e integração de plataformas e sistemas”.

Lucio Valerio Cioffi, chefe da divisão de aeronaves da Leonardo, acrescentou: “o ATR 72MP é uma aeronave que combina confiabilidade, baixos custos operacionais, todas as vantagens da aeronave regional de transporte de passageiros ATR 72-600 com um missão na vanguarda”.

O ATR 72MP será integrado ao dispositivo aeronáutico da Guardia di Finanza, no contexto das múltiplas funções atribuídas ao Corpo pelo atual quadro regulamentar. A Guardia di Finanza é a única força policial com jurisdição geral capaz de exercer atividades de supervisão incisivas e constantes ao longo de todo o desenvolvimento costeiro nacional e em águas internacionais, realizadas também graças ao equipamento tecnológico avançado instalado em sua própria aeronave.

Funções peculiares de última geração instaladas pela primeira vez no ATR72MP serão úteis para apoiar atividades específicas de vigilância confiadas à Guardia di Finanza. O ATR-72MP operará em missões de patrulha e pesquisa aérea e no mar, usando sensores a bordo para identificar e rastrear, mesmo discretamente, alvos sensíveis, monitorar seu comportamento, adquirir evidências, orientar a intervenção de unidades navais e patrulhas terrestres.

O ATR 72MP – já em serviço com as Forças Armadas Italianas em uma versão militar chamada P-72A – está equipado com o sistema de missão modular Leonardo ATOS (Observação Tática e Vigilância Aérea). O ATOS gerencia a ampla gama de sensores da aeronave, combinando as informações recebidas em uma situação tática geral e apresentando os resultados aos operadores do sistema de missão no formato mais adequado, fornecendo um cenário excelente e constantemente atualizado da situação.

Graças à sua derivação comercial, o ATR 72MP pode garantir à sua tripulação um nível de ergonomia que aumenta sua eficiência e eficácia durante missões de patrulha marítima, pesquisa e identificação, combate ao tráfico de drogas, pirataria, contrabando e contrasta com qualquer tipo de tráfico ilícito que afeta as águas territoriais, que geralmente pode durar até mais de 8 horas.

Anúncios