Leonardo, com a ajuda da Embaixada Britânica em Kuala Lumpur, organizou várias demonstrações do AW159 Wildcat às forças da Malásia para o show da DSA. (Foto: Leonardo)

A empresa italiana Leonardo, com o apoio do Esquadrão de Aviação Naval 847 da Marinha Real do Reino Unido, apresentou seu helicóptero AW159 Wildcat às Forças Armadas da Malásia nas instalações da Marinha Real de Lumut, e nas instalações da Leonardo Helicopters no Aeroporto de Subang, perto de Kuala Lumpur na semana passada.

Os dois AW159 Wildcats fazem parte do desdobramento anfíbio de cinco meses da Marinha Francesa, no Exercício Jeanne d’Arc, para o Oriente Médio, Ásia e Pacífico Sul e estão embarcados no navio de assalto de helicópteros FS Dixmude para fornecer uma capacidade de reconhecimento de campo de batalha às forças desdobradas.

O AW159 tem uma cabeça de rotor semi-rígida que lhe confere alta agilidade e a mesma capacidade de operação lendária do helicóptero Lynx. Ele também é equipado com pás de rotor compostas que utilizam a mesma tecnologia que permitiu ao Lynx quebrar o recorde mundial de velocidade de um helicóptero. O AW159 é alimentado por um par de motores LHTEC CTS800-4N, cada um fornecendo até 1.361 shp, o que dá ao helicóptero um desempenho excepcional, mesmo em ambientes quentes e altos.

O AW159 possui o cockpit integrado mais moderno de qualquer outro helicóptero naval, com quatro displays de área grande no cockpit (10 ”x 8”) e um sistema de missão e conjunto de aviônica totalmente integrado para proporcionar maior capacidade de missão e maior eficiência para tripulação.

Os principais sensores integrados ao AW159 incluem o radar AESA (Active Electronically Scaned Array) da série Leonardo Seaspray 7000E, um sistema de sonar de imersão, dispositivo eletro-ópticos e sistemas de guerra eletrônica da Leonardo. Uma variedade de armas pode ser transportada, incluindo torpedos e mísseis ar-terra, em seus porta-armas.

A Marinha Real do Reino Unido e o Exército Britânico operam 62 AW159 Wildcats em funções navais e terrestres, incluindo tarefas ASUW, ASW, vigilância marítima e reconhecimento de campo de batalha, enquanto a Marinha da República da Coreia opera oito helicópteros AW159 nas tarefas ASW e ASUW. A Marinha das Filipinas também encomendou dois AW159s que serão entregues no próximo ano. A Marinha Real da Malásia atualmente opera o helicóptero Leonardo Super Lynx 300 nas funções de guerra anti-submarino (ASW) e guerra anti-superfície (ASuW).

O Esquadrão de Aviação Naval 847 faz parte do Comando de Força de Helicóptero do Reino Unido, baseado na Estação Aérea da Marinha Real de Yeovilton e opera a variante do Exército do AW159 Wildcat. A variante do AW159 Wildcat do Exército Britânico é quase idêntica à da Marinha Real Britânica, com as únicas diferenças de equipamento importantes sendo que o modelo do Exército não possui o radar AESA da série Seaspray 7000E ou os carregadores de armas.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS