Helicóptero MH-139A Gray Wolf.

A Leonardo entregou o 300º helicóptero AW139, uma variante MH-139A Gray Wolf, construída em sua instalação na Filadélfia, EUA, anunciou a empresa no Twitter.

O helicóptero MH-139A Gray Wolf foi entregue à Boeing Defense, que é a principal contratada do programa de substituição UH-1N do Comando de Ataque Global da Força Aérea dos EUA (AFGSC) para o qual o MH-139 foi selecionado.

O MH-139A Gray Wolf é o primeiro helicóptero de serviço exclusivo adquirido pela Força Aérea dos EUA e a primeira aeronave já adquirida pelo Comando de Ataque Global da Força Aérea dos EUA (AFGSC).

Os helicópteros foram adquiridos da Boeing por meio de uma competição completa e aberta a um custo de US$ 2,8 bilhões (US$ 1,7 bilhão abaixo do orçamento) para até 84 aeronaves no programa de substituição dos UH-1N Huey da USAF. O MH-139 deriva do helicóptero italiano Leonardo/AgustaWestland AW139 e é a primeira compra comercial “pronta para uso” do AFGSC, adicionando modificações militares exclusivas.

Os helicópteros MH-139A, que substituirão o UH-1N Hueys do início dos anos 70, fornecerão segurança e apoio aos campos de mísseis balísticos intercontinentais (ICBM) do país, que abrangem Wyoming, Montana, Dakota do Norte, Colorado e Nebraska. O novo helicóptero fecha as lacunas de capacidade do UH-1N nas áreas de velocidade, alcance, resistência, carga útil e capacidade de sobrevivência em apoio às missões de mísseis balísticos intercontinentais do comando. Outras capacidades da missão incluem busca civil e resgate (SAR), apoio a transporte aéreo, missões da National Capital Region (NCR), além de apoio a testes.

A Força Aérea recebeu seu primeiro helicóptero MH-139A em Duke Field, na Flórida, em 19 de dezembro de 2019, após o qual uma cerimônia de nomeação foi realizada oficialmente batizando o helicóptero de Gray Wolf (Lobo Cinzento).

Anúncios