Os primeiros helicópteros Huey II entregues pelos EUA para o Líbano chegaram no país no dia 12 de dezembro.
Os primeiros helicópteros Huey II entregues pelos EUA para o Líbano chegaram no país no dia 12 de dezembro.

Oficiais da Força Aérea do Líbano e funcionários norte americanos da embaixada dos EUA em Beirute acompanharam a entrega de seis helicópteros militares UH-1 Huey II, para ajudar a aumentar as capacidades das forças armadas libanesas. A entrega também incluiu peças de reposição para as aeronaves, que deverão ficar baseadas no Aeroporto Internacional Rafik Hariri.

Os seis helicópteros Huey IIs partiram da fábrica de helicópteros da Bell de Alliance Airport, em Grand Prairie, Texas, a bordo de aviões de transporte An-124, no dia 10 de dezembro. Depois de uma escala na Escócia, a aeronave chegou com segurança em Beirute no dia 12 de dezembro.

Os equipamentos militares fazem parte de uma revisão mais ampla da assistência de segurança para o Líbano por parte dos EUA. Os helicópteros vão reforçar as forças que vêm lutando para lidar com a violência se espalhando ao longo da fronteira da Síria.

Oficialmente conhecido como Bell UH-1 Iroquois, o helicóptero fabricado pela Bell Helicopter é capaz de transportar uma carga de 11.200 libras e pode acomodar 13 passageiros.

Atualmente, a frota da Força Aérea libanesa inclui 24 helicópteros Huey e 11 helicópteros Gazelles feitos pela Aerospatiale Helicopter Corporation. Ambos tipos de helicópteros podem ser armados com mísseis e lançadores de foguetes.

Os EUA forneceram mais de US$ 720 milhões em ajuda militar para as forças armadas libanesas, entre 2006 e abril de 2011, incluindo o fornecimento de equipamentos e treinamento avançado. O pedido dos helicópteros ao Governo dos EUA foi feito no início deste ano, e no final de julho o Congresso dos EUA foi notificado pela Agência de Cooperação de Segurança e Defesa (DSCA) da possível Venda Militar Estrangeira (FMS) avaliada em US$ 63 milhões.

Forças sírias ocasionalmente tem violado a fronteira libanesa n batalha com os rebeldes que lutam para derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad, e refugiar-se em cidades de fronteira libanesa. Morteiros sírios também atacaram aldeias libanesas.

Agradecemos as contribuições até o momento. Graças à colaboração de algumas pessoas estamos conseguindo manter o site no ar, pois o valor necessário para manter o Cavok no ar é alto. Continuamos pedindo a ajuda de todos com as contribuições, que podem ser de qualquer valor. Se cada um ajudar um pouco, poderemos assim manter esse local como o melhor site de aviação do Brasil. Continuamos também lutando para conseguir um patrocínio, que ajudaria bastante nas despesas mensais do site. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral. Quem quiser também poderá doar através de depósito na conta corrente: Banco do Brasil – Agência: 0181-3 – C/C: 12.742-6 – Favorecido: Fernando Valduga. Desde já meu muito obrigado!




Enhanced by Zemanta
Anúncios