A fabricante Lockheed entregou o 500º EOTS para os caças F-35.

A Lockheed Martin entregou o 500º sistema de direcionamento eletro-óptico (EOTS – Electro-Optical Targeting System) para o programa F-35.

A empresa disse que todas as unidades foram entregues a tempo ou antes do prazo para suportar os requisitos de produção e sustentação das aeronaves.

“Estamos orgulhosos em trazer recursos superiores para o F-35”, disse Michael Williamson, vice-presidente de Sensores e Sustentabilidade Global da Lockheed Martin, Mísseis e Controle de Armas (MFC).

“Sabemos o quanto essa capacidade é importante para o combatente e continuamos a investir em nossa atualização avançada do EOTS, o que trará recursos estendidos para o cockpit.”

A EOTS combina as funções de busca e rastreamento infravermelho (ISRT) e visor frontal infravermelho (FLIR) para fornecer aos pilotos F-35 uma capacidade precisa de direcionamento ar-ar e ar-solo. O EOTS permite que as tripulações do avião identifiquem áreas de interesse, executem reconhecimento e entreguem com precisão armas a laser e guiadas por GPS.

A empresa também entregou o 4.000º conjunto de painéis do Sistema de Abertura Distribuída (DAS) para o F-35 recentemente. O conjunto de painéis do DAS consiste de seis janelas transparentes de baixo infravermelho, de silício policristalino, para os sensores eletro-ópticos do DAS usado no F-35.

Cada conjunto de janelas permite que o sensor EO-DAS forneça detecção de ameaças e consciência situacional de 360 ??graus para o piloto.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS