O Comando de Operações Especiais dos EUA (USSOCOM) receberá quatro novos MH-47G Chinooks.

A Boeing recebeu uma modificação contratual de US$ 42 milhões para quatro novos helicópteros Chinook para o Comando de Operações Especiais dos EUA (USSOCOM), informou o Departamento de Defesa em um comunicado.

“A Boeing, de Ridley Park, Pensilvânia, foi premiada com uma modificação do contrato de custo adicional de US$ 42.835.847 pela ordem de entrega H92241-18-F-0022-P00002 para quatro novas aeronaves de asa rotativa MH-47G,” disse o DoD na quinta-feira (01/11).

A modificação do contrato irá satisfazer uma “necessidade urgente” de apoiar as missões de transporte pesado das Forças de Operações Especiais dos EUA, acrescentou o comunicado.

O MH-47G é a variante de operações especiais do helicóptero multifuncional CH-47 Chinook da Boeing, usado pelo Comando de Aviação de Operações Especiais do Exército dos EUA.

Ele é usado em missões de transporte pesado, como transporte de tropas, armas, veículos e outros equipamentos, bem como missões de socorro civil e humanitário. Pode realizar missões de longo alcance em um nível baixo e em condições climáticas adversas durante o dia e à noite.

O helicóptero está armado com duas miniguns M134 de 7,62 mm operadas eletricamente, refrigeradas a ar e duas metralhadoras M240 de 7,62 mm montadas em ambos os lados da fuselagem.

O Exército dos EUA tem 69 Chinooks voltados para operações especiais, e as forças de operações especiais operam 36 aeronaves MH-47D e MH-47E que estão sendo atualizadas para a variante G. O modelo MH-47 não é exportado, mas a Boeing também está desenvolvendo uma configuração Block II para a variante CH-47F.

Em 11 de julho, a Boeing recebeu uma modificação de US$ 131 milhões para outro contrato referente aos Chinooks para fornecer quatro aeronaves MH-47G Block II ao Exército dos EUA. A data de conclusão desse pedido é 29 de junho de 2020.

A Arábia Saudita está pronta para comprar oito dos helicópteros da Boeing, sob uma modificação contratual de US$ 26 milhões anunciada em maio. Em abril, o Departamento de Estado dos EUA aprovou uma possível venda de US$ 1,3 bilhão de 17 CH-47F Chinooks para a Espanha, com modificações exclusivas.

3 COMENTÁRIOS