Militares do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral no hangar
do Comando do 4º Distrito Naval. (Foto: Marinha do Brasil)

Um helicóptero UH-15 do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-2) chegou em Belém-PA, no dia 17 de janeiro, para auxiliar na criação de um esquadrão da Aviação Naval no estado do Pará.

O HU-2 conhecido como “Pégasus” vai colaborar para verificar a operabilidade na região sob jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) e as possíveis dificuldades de implementação do primeiro esquadrão distrital de aeronaves de médio porte.

Durante 45 dias, serão realizadas operações aéreas como Apoio à Inspeção Naval, Ações de Presença, adestramentos com militares do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas e com os navios do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte. Serão empregados 14 militares para esta missão.

A aeronave saiu do Rio de Janeiro e voou por quase 20 horas, pernoitando nas cidades de Salvador-BA, Fortaleza-CE e São Luís-MA até chegar ao destino final.

Em novembro de 2018, o Com4ºDN e a Força Aérea Brasileira assinaram um Acordo de Cooperação para que a Marinha utilize o hangar da Guarnição de Aeronáutica de Belém – Ala 9 a fim de criar um esquadrão da Aviação Naval no estado do Pará. O acordo também prevê o intercâmbio de militares, experiências e informações entre as Forças Armadas.


Fonte: Marinha do Brasil

2 COMENTÁRIOS

  1. A Marinha tem autorização para operar aeronaves orgânicas. Acredito que nenhum navio da flotilha do Amazonas tenha convoo para Super Cougar.

    A FAB já possui um esquadrão de helicópteros em Belém, seria necessário criar uma outra organização?

Comments are closed.