UH-15 em vôo de infiltração e ataque com escolta de aeronaves de AF-1.

As aeronaves AF-1 e UH-15, da Marinha do Brasil, iniciaram no final de abril os voos para a implementação de uma nova funcionalidade de uso conjugado dos meios aeronavais. Usando como área de operações o estande de tiro de Maxaranguape-RN, o helicóptero UH-15 realizou voos de infiltração e ataque com escolta de aeronaves de AF-1 modernizadas.

As capacidades de ataque a alvos de superfície, em terra e no mar, dos novos helicópteros da Marinha (AH-11B, SH-16 e UH-15A), são uma realidade. Esses meios, embora versáteis e com grande poder de fogo, são vulneráveis aos vetores de defesa aérea e aos implementos de defesa antiaérea inimigos, necessitando o uso de aeronaves de caça para sua proteção. Uma vez solidificado, poderá lançar mão dos procedimentos para ações no mar, em terra e para operações anfíbias.

O feito está dentro do contexto de aprimoramento doutrinário e integração dos meios da Força Aeronaval, sempre com o foco de apoiar a Esquadra e o Corpo de Fuzileiros Navais.


Fonte: Marinha do Brasil

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Como que um "A4" faz escolta de um UH-15? Velocidades incompatíveis! Acho que a palavra escolta não está correta: não seria CAS? Exagerando, a velocidade de estol do A4 deve ser a velocidade máxima do UH-15…

Comments are closed.