A aeronave AF-1C biplace do VF-1 reabastecendo com o Hércules da FAB. (Foto: Marinha do Brasil)

Com a fraseologia “Barão aqui é o Falcão Negro!”, um elemento formado por aeronaves AF-1 iniciava o cheque rádio com o avião reabastecedor, no dia 4 de julho. Duas aeronaves AF-1, sendo uma delas a primeira aeronave biposto modernizada recebida pela Marinha do Brasil (AF-1C N-1022), realizaram um exercício de Reabastecimento em Voo (REVO) com uma aeronave KC-130 Hércules, do Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte, da Força Aérea Brasileira (FAB).

A missão de REVO é de extrema importância na aviação de caça, pois contribui na sustentação do combate, possibilitando uma maior permanência das aeronaves de ataque em uma área de interesse. Duas aeronaves AF-1 decolaram de São Pedro da Aldeia, no dia 4 de julho, e receberam combustível em voo sobre o litoral carioca, possibilitando o adestramento e qualificação dos aviadores navais do Esquadrão VF-1.

Além de contribuir para a interoperabilidade, o evento faz parte do intenso programa de adestramento e qualificações que tem por objetivo preparar os pilotos do VF-1 para a participação no Exercício Multinacional CRUZEX, ao final de 2018.

6 COMENTÁRIOS

  1. É bom, melhor que nada, ver a MB operando seus meios aéreos modernizados. Eu me perdi, foram quantos A-4 modernizados já recebidos pela MB? Seria realmente interessante que a MB pudesse inserir uma esquadrilha na Cruzex operando BVR, pois imagina-se que o míssil BVR com essa modernização seria o Derby também, correto?

    • Já que a MB está operando suas asas fixas só em terra agora, e sem previsão de um PA pelos próximos 200 anos.. Poderia ir de SU-34 uns 24 aviões pelo menos, divididos em dois esquadrões, um no Norte/Nordeste outro no sudeste.