Renderização do projeto QueSST da Lockheed Martin em parceria com a NASA. (Foto: NASA / Lockheed Martin)

A NASA conseguiu um marco significativo em seu esforço para tornar o voo do jato de passageiro supersônico sobre a terra uma possibilidade real, completando a revisão preliminar do projeto (PDR) de seu projeto de aeronave Quiet Supersonic Transport ou QueSST. O QueSST é o estágio de projeto inicial do avião experimental de Low Boom Flight Demonstration (LBFD), ou demonstração de voo com baixo ruído sônico, planejado pela NASA, também conhecido como um Avião-X (X-Plane).

Especialistas e engenheiros seniores de toda a agência e da Lockheed Martin Corporation concluíram na sexta-feira que o design do QueSST é capaz de cumprir os objetivos da missão da aeronave LBFD, que é para voar a velocidades supersônicas, mas criam um “boom” suave em vez do estouro sônico associado ao voo supersônico atual. O avião X da LBFD será enviado às regiões povoadas para coletar os dados necessários para que os reguladores permitam o voo supersônico sobre a terra nos Estados Unidos e em outros lugares do mundo.

A NASA fez parceria com a contratada principal, a Lockheed Martin, em fevereiro de 2016 para o projeto preliminar do QueSST. No mês passado, um modelo em escala do projeto QueSST completou o teste no túnel de vento supersônico no Centro de Pesquisa Glenn da NASA, em Cleveland.

“Gerenciar um projeto como este significa passar de um marco para o próximo”, disse David Richwine, gerente de trabalho do projeto preliminar no Projeto de Tecnologia Supersônica Comercial da NASA. “Nossa forte parceria com Lockheed Martin ajudou a chegar até este ponto. Nós agora estamos um passo mais perto de construir um real avião-X.”

Após o sucesso da conclusão da PDR, a equipe de projeto da NASA pode iniciar o processo de solicitação de propostas no final deste ano e assinando um contrato no início do próximo ano para construir o avião-X pilotado e monomotor. A aquisição do contrato para LBFD do avião-X será totalmente aberto e competitivo, com os dados do projeto preliminar do QueSST sendo disponibilizados para licitantes qualificados. O teste de voo de um avião-X para a LBFD poderia começar já em 2021.

Nos próximos meses, a NASA trabalhará com a Lockheed na finalização do trabalho do projeto preliminar do QueSST. Isso inclui um teste de desempenho da entrada de ar do motor e um teste de túnel de vento de baixa velocidade no Centro de Pesquisa Langley da NASA, em Hampton, Virginia.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS