A Northrop Grumman agora possui 4 aeronaves E-2D contratadas para o Japão.

A Northrop Grumman recebeu o contrato para o quarto e último avião de controle e alerta aéreo antecipado (AEW&C) E-2D Advanced Hawkeye para a Força de Autodefesa Aérea do Japão (JASDF).

De acordo com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD), no dia 5 de setembro, a fabricante da aeronave recebeu o contrato de US$ 164,3 milhões para entregar um E-2D configurado para o Japão até março de 2020. O contrato segue outras concessões similares feitas entre 2015 e 2018 para as três primeiras aeronaves. Até o momento, o Japão gastou quase US$ 945 milhões em seu programa E-2D, incluindo engenharia e infraestrutura não recorrentes.

Em 2014, o Ministério da Defesa do Japão selecionou competitivamente o E-2D para cumprir os requisitos de AEW do país. A Força de Autodefesa Aérea do Japão opera o E-2C Hawkeye desde 1983. O primeiro contrato para dois Advanced Hawkeyes foi assinado em janeiro de 2016.

O primeiro E-2D Hawkeye do Japão.

A primeira aeronave E-2D da Força de Autodefesa Aérea do Japão foi apresentada no Centro de Excelência de Integração de Aeronaves da Northrop Grumman em St. Augustine, Flórida, em novembro de 2017, quando realizou seu primeiro voo. A primeira entrega deve ocorrer no final de 2019. A segunda aeronave encontra-se quase pronta na linha de montagem.

O Japão possui atualmente treze aeronaves E-2C em operação. O E-2D é uma versão atualizada do E-2C Hawkeye, com melhor detecção de alvos de espaço de batalha (incluindo mísseis de cruzeiro) e consciência situacional, especialmente em áreas litorâneas.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Na verdado o japão já opera o E-2C Hawkeye e está recebendo unidades do E-2D Advanced Hawkeye.

  2. Japoneses apostaram em uma plataforma comprovada em ambientes saturados.

  3. ameaça chinesa e russa faz o governo deles não economizar. no ar e mar. mais defesa AAe

Comments are closed.