O Sikorsky VH-92A aterrissa na Casa Branca durante um teste em 22 de setembro de 2018. (Foto: NAVAIR)

O próximo helicóptero presidencial dos EUA, o VH-92A construído pela Sikorsky, aterrissou com sucesso na Casa Branca durante seu primeiro teste em setembro, informou a NAVAIR nesta semana.

Antes da maior parte dos habitantes de Washington, D.C., acordar no dia 22 de setembro, o VH-92A se aproximou do National Mall e pousou no gramado da Casa Branca pela primeira vez. Dois VH-92 serão usados para testes na Estação Naval de Patuxent River, Maryland, e serão usados para iniciativas de desenvolvimento em andamento.

Como parte do Programa Presidencial de Substituição de Helicópteros, a Sikorsky recebeu em 2014 um contrato de US$ 1,2 bilhão para construir uma frota inicial de seis helicópteros, mas com opções para a Marinha dos EUA adquirir adicionais 17 helicópteros. A Lockheed Martin comprou a Sikorsky logo após a concessão do contrato.

Um Sikorsky VH-92A aterrissa na Casa Branca, com o Monumento de Washington ao fundo, durante um teste de setembro. (Foto: NAVAIR)

Mais de uma década atrás, a Lockheed Martin derrotou a rival Sikorsky em uma competição de 2005 para o contrato que fabricaria a próxima geração de helicópteros presidenciais. No entanto, anos de atrasos e custos com o programa de helicópteros Lockheed VH-71 – o custo original de US$ 6,5 bilhões em 2005 subiu rapidamente para US$ 13 bilhões até dezembro de 2008 – estimularam o Pentágono a abandonar o programa e começar de novo com uma nova solicitação de propostas.

Na segunda vez, a Sikorsky venceu a competição com o VH-92A, uma variante do helicóptero Sikorsky S-92 que é usado por outras 11 nações para transportar seus chefes de estado, segundo Sikorsky. A frota de VH-92As substituirá a frota antiga dos helicópteros VH-3D e VH-60N, construídos pela Sikorsky, atualmente utilizados pelo Corpo de Fuzileiros Navais para transportar o Presidente dos EUA.

O VH-92A que pousou na Casa Branca é o primeiro helicóptero sob o contrato a ser entregue à NAVAIR. A capacidade operacional inicial deverá ocorrer no final de 2020, e a linha de produção completa deve ser concluída em 2023, de acordo com a NAVAIR.


Fonte: USNI – Edição: Cavok

Anúncios

10 COMENTÁRIOS

  1. O caso do helicóptero Kestrel para mim é de polícia. Uma boa decisão de Obama ter encerrado a palhaçada.

    Ps: a Líder Aviação opera S-92 por aqui. Grande marketing gratuito.

    • A quem atinge este marketing? Quem tenderia a contratar os serviços da Lider com seu S92 porque os EUA o usa para transporte presdencial?

      • Pessoalmente acredito que referenda a segurança operacional do aparelho. E também empresta certo glamour, como no caso da limousine. A despeito de não haver uma nobreza para ser adulada e invejada, as altas castas políticas de uma república assumem esse papel para parcela considerável da população.

        Apesar de ter ojeriza deste tipo de argumento, muitos que contratam estes serviços, vivem no corredor aéreo para Miami, Nova York, etc. Se acaba assimilando traços culturais, dentre eles, o respeito maior pela instituição Presidência da República.

      • É um marketing simbólico mas significativo! Um bom publicitário pode vender os serviços da frota de S-92 da Líder com o mote "voe como o presidente dos EUA"…rs!

    • Valor absurdo. Parece empreiteira brasileira. O valor final quadruplica o inicial. Pelo menos, quando há desenvolvimento tecnológico, há a desculpa da imprevisibilidade.

  2. Gosto muito desse tipo de "abuso de poder econômico" (como esse, de US$ 9 bilhões, da nossa amiguinha Marilyn Hewson, Lockheed, em cima da United Technologies e sua Sikorsky — em 2015):

    Step one: "Esses caras (Sikorsky) já atrapalharam o nosso negócio. Não mais. Vamos comprar a empresa deles. Depois a gente até pede ao Pentágono aqueles tais 'custos de reestruturação' — aquela grana que eles pagam para ajudar os adquirentes de grandes fornecedores das Forças Armadas".
    Step two: "Ei, caras: façam um preço. Eu assino o cheque".
    Step three: "Vendido".

    E pronto. Não é com meu dinheiro, as empresas são grandes e boas, seja felizes. 🙂

Comments are closed.