Facebook Twitter Gplus Flickr Pinterest LinkedIn YouTube E-mail RSS
magnify
Home Militar Força Aérea Brasileira Novos helicópteros Mi-35M para FAB devem ser embarcados na Rússia no mês de maio
formats

Novos helicópteros Mi-35M para FAB devem ser embarcados na Rússia no mês de maio

Duas aeronaves Mi-35M (AH-2 Sabre) da Força Aérea Brasileira vistas em Florianópolis durante o FAEX XII. (Foto: Juliano Damasio / Cavok)

De acordo com nosso colaborador russo Rustam, o Brasil realizou o pagamento que faltava para os seis últimos helicópteros Mi-35M, os quais estavam parados na fábrica da Rosvertol desde o começo de 2011. As aeronaves devem ser enviadas para o Brasil no próximo mês de maio.

Os helicópteros Mi-35M (designados AH-2 Sabre na FAB) estavam parados há muito tempo, e recentemente receberam uma nova pintura. Divulgamos aqui uma imagem deles em dezembro de 2011. O governo liberou a verba para aquisição dessas aeronaves no final de 2011, conforme notícia publicada aqui.

 

76 Respostas

  1. Python

    Juarez, você está correto em dizer que a negociação estava parada mas estava parada quanto o recebimento das aeronaves, outros sistemas já foram entregues com as primeiras levas que chegaram da Rússia como supressores de calor, pilones de armamento e o próprio armamento. Foi recente também os testes com esses armamentos no campo de provas Brigadeiro Velloso. Acredite no que estou dizendo foi eu quem postou esta imagem pela primeira vez e possuo bastante tempo de pesquisa sobre o assunto.
    Abraços.

  2. José

    Olá, em dezembro foi efetuado o empenho http://www.portaltransparencia.gov.br/despesasdia… liquidação ou pagamento dos últimos 6 helicópteros Mi-35M, eu não vi no portal do governo.

  3. ALEXANDRE

    Haja crítica ao governo, estão lá há apenas nove anos, e todo ano surgem notícias boas para nossas FAS, são aquisições de prateleiras, aquisições com TT, modernizações e fabricação de equipamento genuinamente nacional. Esse ano de 2012 será muito proveitoso, e aqueles que só criticam quando compram, ou quando não compram será um ano difícil , pois muito equipamento vai desembarcar por aqui, russo, americano, israelense, francês e outros, vai ter que ter muito argumento para criticar.

    • Armand Assante

      Legal. Agradeça ao amado governo pelo cancelamento do CH-X em 2003. Eu estava lá e vi a burrecência partidária florescendo, como uma planta carnívora, sob o escudo fácil de um Fome Zero que não tinha nada a ver com a aquisição de material militar e muito menos com compra (fracassada) de comida… Os Mi-26 seriam muito úteis à FAB, já naquela época. Funesto.

    • 1maluquinho

      É mesmo né todo ano surgem noticias boas para nossas FA né e todos os dias surgem noticias ruins de roubos e escandalos né rsrs rsrs So coisa boa rsrs rsrs

  4. Galileu

    Gosto muito do Mi35 é o “tank voador” é funcional tipico de armamentos russos, faz de tudo um pouco.

    Mas, eu sei e quem não é cegueta sabe interpretar o que aconteceu na sua aquisição e agora nesse 2º lote. A FAB NUNCA pediu os Mi35, recebeu de SURPRESA por escambo como lembrou o colega symon, e claro que numa força que não tem, irá receber de bom agrado, esperar que alguém da força critique é meio impossível visto que eles elogiam o forevis-5, reforma de bandeirante e etc..

    Se a FAB gosta tanto do Mi35 porque não priorizar o pagamento do 2º lote??

    O mesmo aconteceu com os EC725, assim como os Mi35 pegou a fab de “surpresa”, eu nunca vi nota alguma antes do negócio fechado das forças querendo tantos EC725.

    Nota mesmo das forças, interesse na aquisição e tal, eu só vi para BH e SH. Se dependesse estritamente das forças teríamos bem mais BH do que EC725 e Mi35 jamais estariam aqui.

    • João Carlos

      Só BH e SH? Tá legal. Se é vc quem diz, eu acredito.

    • 1maluquinho

      GALILEU Tu viajas na maionese dos teus gostos e com certeza tudo isso tem um tempero ideologico rsrs rsrs Tudo o que falaram contra o MI35 a FAB desmentiu ja por muitas vezes ate mesmo na ultima operação em Canoas.Toda a dificuldade que a principio pensavamos que teriamos foram facilmente assimiladas e superadas.A FAB deseja ser contemplada com quantas mais unidades de MI35 puderem lhes darem.O EB tanto quer o MI35 como tambem deseja o MI28 e MI26.Essas coisas meu amiguinho não são materias do Fantastico,Jornal O Globo,UOL,BBC e sim assuntos de Estado.Ate a MB que historicamente é adoradora de carteirinha da Royal Navy ja manifestou interesse em apreciar helicopteros militares Russos.Mais cedo ou mais tarde meu caro o bom senso superara a xenofobia e o capaxismo pois não buscamos alianças ideologicas mas sim fornecedores de tecnologias que não dominamos e precisamos para com eles formar parcerias.Pouco importa se as caras deles sejam azuis,amarelas ou vermelhas e sim os beneficios que traram a Nação.No Brasil de hoje amiguinho não tem mais espaço para filosofias e pessoas que vivem um mundo dual dividido de um lado por azuis anjinhos e do outro vermelhos diabinhos.O maior exemplo ao Brasil é a India e a China que a um pouco mais de uma decada estavão bem atraz de nós economicamente,industrialmente,tecnologicamente e militarmente e hoje são potencias globais e não graças a investimentos e implementos Ocidentais mas a tecnologia Russa provando tambem que os mesmos não são monopolizadores e condicionadores como muitos afirmavam.É irreversivel que o Brasil na busca de seu espaço e na defesa de seus interesses venha a bater de frente com os EUA que são terminantemente contra nossa enancipação e progresso.Não tire as nossas forças armadas por meia duzia de generais,brigadeiros e almirantes vendidos e aliciaveis.Nossos guerreiros se preparam não para se baterem contra comunistas,bolivarianos,Russos ou Chineses e sim para defenderem o Brasil de uma investida Yankee,Angla ou coalizão da OTAN.Ensina-se nas escolas militares que a ameaça é a ATAN e não a Russia ou a China.

      • 1maluquinho

        E mais meu caro esse papinho de padrão so existe para dependentes e subordinados.Uma Forças Armadas que não tenha verdadeiramente assimetria como filosofia que é nada mais nada menos que ADAPTAçÂO,que não cria e não versatiliza serve apenas para exercer papel secundario e prestimos internacionais de distribuidor de cestas basicas e removedores de escombros.Ser guerreiro é sonho de muitos e capacidade de muitos poucos.Agua filtrada so provoca diarréia em frangas pois para o guerreiro o remédio é comer areia meu caro.

  5. Roberto

    Se foi comprado na forma de escambo to nem ai,so sei que foi uma aquisiçao que gostei!
    e não vejo a hora de chegar dia 13 para ver o danado de pertinho.
    Pessoal uma pergunta:
    “-Por que os nossos vieram com quatro cabides so,em vez de 6,que e o comum?”
    Tomara que venha mesmo,o mi-28 vai ficar uma dupla legal!

    • BrunoRJ

      o MI-35 so sao 4 mesmo .. vc deve estar se referindo aos MI-24.(irmao mais velho) …embora mais ''completos''… sao inferiores em termo eletronicos e bem mais antigos(vai depender de qual versao )….o MI-35 nada mais e q um vesao atual do proprio MI-24 .com algumas mudanças criticas …

      • Roberto

        Eu nao sabia desta diferença!
        valeu!
        cada dia aprendo amis quando entro neste site!

  6. BrunoRJ

    embora o Exercito queira(mostrou um real interesse) um trio formado por MI-26(ele e unico)/MI-35/MI-28 …. acho mais valido os KA-52 ao inves MI-28 ….o KA-52 ja exite um versao embarcada ….poderia ser ele o KA-52 vir a ser o HELI de ataque ''puro'' das 3 forças …apenas um opiniao ..

  7. Emfim estão chegando é um passo para fortificarmos nossa fronteiras.

    Espero agora que o EB adquira Mil -26 Havoc.

  8. Adriano

    Para o EB seria bom os MI-35 SUPER-HIND.