Um painel fabricado para a fuselagem central do primeiro KC-390 de produção em série sai da unidade da OGMA em Alverca, Portugal. (Foto: OGMA)
A OGMA em Portugal deu mais um passo para que a aeronave de transporte multimissão KC-390, concebida pela Embraer, seja uma realidade a partir de 2018, iniciando a entrega dos componentes destinados à primeira aeronave de série, de um conjunto de 28 destinadas à Força Aérea Brasileira.

Rodrigo Rosa, CEO e Presidente da OGMA, afirmou que “a entrega dos primeiros componentes da série KC-390 é um marco para a OGMA e, em particular, para a Área de Negócios de Aerostruturas”.

A OGMA Indústria Aeronáutica de Portugal entregou os primeiros segmentos das fuselagens centrais (1) destinados aos protótipos do KC390 em maio de 2014. Com uma dimensão de 10,5 metros cada, este é um dos vários componentes do novo avião da Embraer que terá peças fabricadas em Portugal, na fábrica da OGMA em Alverca.

Além da fuselagem central, a OGMA é também responsável pela fabricação e montagem dos ‘sponsons’ direito e esquerdo (3) e (4), ou seja, os conjuntos de cerca de 12 metros de dimensão que compõem a carenagem do compartimento do trem de pouso, incluindo as portas do trem de pouso. Estas peças são fabricadas em material compósito e ligas metálicas.

Nas instalações da OGMA são ainda fabricados e montados os profundores do KC-390 (2).

Anúncios

11 COMENTÁRIOS

  1. Agora vão falar que o projeto é deles…. (é apenas uma brincadeira, nossos amigos são muito importantes no projeto)

    Só boas notícias sobre o KC

  2. Cadê o português do grupo ele poderia esclarecer este assunto para nós. Ele deve ter notícias novas sobre esse assunto.

Comments are closed.