Caças Sukhoi Su-30MKV da Força Aérea Venezuelana (FAV).

A Assembléia Nacional Venezuelana, a oposição de Nicolas Maduro, planeja rever os acordos de armas com a Rússia, disse Gustavo Tarre Briceno, representante especial do país na Organização dos Estados Americanos (OEA), ao Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, com sede em Washington.

A Assembléia Nacional está planejando revisar o valor dos contratos russos sobre o fornecimento de armas, bem como as relações com Moscou em geral, disse Briceno na quarta-feira, conforme cita pela agência TASS.

“Nós seremos muito duros em renegociar como pagamos isso porque eles não nos venderam o que o contrato diz. E haverá uma discussão sobre isso. Nós estaremos na frente de algo, alguém não muito gentil e muito difícil para chegarmos em um acordo”, disse Briceno.

O político da oposição também comentou que a dívida de Caracas a Moscou se deve principalmente ao “preço das armas”.

“O acordo com os caças-bombardeiros Sukhoi não foi totalmente transparente. Além disso, eles não são a melhor tecnologia”, afirmou Briceno. “Além disso dois terços dos helicópteros russos são de qualidade ruim e não voam na Venezuela”.

20 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia Senhores!

    "Dois terços dos helicópteros não voam"… por isso caros floristas que a máxima ' ter não significa manter ' sempre precisa ser avaliada antes de manter-se em aventuras de compras de oportunidade ou de prateleiras.

    Agora cá conosco, o que um politico sabe de qualidade, eficácia ou afins de material de defesa? Está claro que agora cada político venezuelano que não quer afundar com o barco, além de tornar-se oposição, também tornou-se especialista em tudo que é tema….

    Tal lá como cá! Kkkkkk

    CM

  2. Venezuelanos já querendo dar o calote na Rússia ..
    A maioria das armas Russas operadas na Venezuela chegou nos tempos de Chaves e não com Nicolás Maduro , a Venezuela deve muito pouco em relação a financiamento de compra de armas Russa…
    Só a PDVSA deve mais de U$ 6 bilhões a Rosneft ,e isso não e referente a Armas , também ela deve bilhões a Gazprom que também não e compra de armas , mas sim empréstimos para que PDVSA continuasse operando , fora outros empréstimos direto para o governo Maduro..
    Parte disso é a briga Washington X Moscou ,e Venezuela só é a vítima da vez ..

  3. "Oposição da Venezuela diz que vai …bla-bla-bla"
    ANTES precisa combinar com o Maduro, que é quem detém o poder das armas.

    Só uma observação sobre essa oposição, a elite Venezuelana consegue ser pior que a brasileira, inclusive ela apoiou o Chaves.

  4. Está ai!!! Força aérea Venezuelana em pedaços. Muitos diriam que em um suposto conflito, seríamos surrados.. Talvez sim se todos os aviões e peças estivessem em perfeito estado na Venezuela. Mas é sucata também.