Lockheed F-35A Lightining II Joint Strike Fighter

O Vice-Secretário de Defesa dos EUA, Bill Lynn, disse que a entrega do primeiro caça Lockheed F-35 Lightning II Joint Strike Fighter (JSF) para Austrália poderá agora ocorrer próximo da data prevista originalmente.

Lynn disse que os atrasos no desenvolvimento do programa JSF foram encurtados de 30 para 12 meses. A Austrália previa receber seus caças a partir do final de 2014. Com o novo prazo poderão receber no início de 2011.

A primeira entrega do F-35 JSF para Austrália havia sido atrasada por um ano, após o Secretário de Defesa dos EUA Robert Gates tirar o Major General David Heinz do projeto JSF.

Gates também reteu US$614 milhões de investimentos da Lockheed, a contratante principal do programa, a fim de ajudar nos investimentos de adicionais desenvolvimentos.

A Austrália, a qual adquiriu 14 caças F-35 para substituir sua frota de antigos caças F-18 Hornet e F-111 Aardvark a um custo de US$3,2 bilhões, poderá no futuro aumentar o número para 100, chegando num valor projetado de US$16 bilhões.

A notícia chega após a informação de que a Real Força Aérea da Austrália estaria interessada em modernizar seus caças F-18 para esticar a vida operacional até 2030, devido aos atrasos previstos com a chegada dos F-35. agora com o novo prazo informado pelos EUA, a Austrália poderá receber os caças F-35 num prazo mais acessível e não precisar investir na modernização de seus F-18.

Anúncios