O jato FT-7P “90-611” da PAF que caiu no dia 7 de janeiro de 2020.

Uma aeronave militar FT-7P da Força Aérea Paquistanesa (PAF), uma variante modificada da aeronave Chengdu J-7, produzida na China, caiu no sudoeste da capital do Paquistão, Islamabad, durante um treinamento na terça-feira.

Os dois militares a bordo do jato, um líder de esquadrão e um oficial, morreram. O avião caiu pouco depois da decolagem da base militar de M. Alam, na província de Punjab, disse um porta-voz da Força Aérea.

O número de matrícula do FT-7P é 90-611. Sua unidade operacional era o Esquadrão 18 “Sharp Scooters”. O incidente ocorre logo após um avião semelhante ter caído em Punjab em outubro de 2019, mas os dois soldados sobreviveram.

Um comitê de investigação foi ordenado pela sede da Força Aérea Paquistanesa para determinar a causa do acidente.

A aviação militar paquistanesa continua a usar caças F-7 importados da China (ou seja, o MiG-21 construído lá sob a licença soviética) e sua versão de treinamento FT-7.

Pelo menos 14 aeronaves FT-7 e suas variantes operadas pela PAF caíram nos últimos 18 anos.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS