O Paquistão afirma ter abatido dois caças MiG-21 da Força Aérea Indiana.

A Força Aérea Indiana (IAF) alegou ter abatido um caça F-16 da Força Aérea do Paquistão em um ataque retaliatório 3 quilômetros dentro do território do Paquistão no setor de Nowshera. Já o Paquistão afirmou ter derrubado dois aviões indianos “dentro do espaço aéreo paquistanês” no início da manhã, depois que a Força Aérea da Índia cruzou a Linha de Controle.

O major-general Asif Ghafoor, porta-voz das Forças Armadas do Paquistão, disse que dos dois aviões, um caiu dentro do lado indiano da Caxemira, enquanto outro caiu dentro do lado paquistanês da Caxemira.

O Ministério de Relações Exteriores do Paquistão declarou que a Índia realizou ataque dentro do espaço aéreo paquistanês e a Radio Pakistan divulgou um vídeo que afirma ser de um piloto indiano capturado. “Sou o Comandante da Ala Abhinandan, sou oficial da IAF. Meu número de serviço é 27981”, disse o homem do vídeo divulgado pelo exército do Paquistão. Ele também se identificou como um hindu, mas se recusou a dar mais informações. “É tudo o que eu devo lhe dizer”, ele disse aos soldados que o interrogavam.

Oficiais militares paquistaneses mostraram os destroços de um dos supostamente abatidos caças indianos.

Algumas fontes também relataram que o Comandante da Ala Abhi Nandan é piloto de um caça MiG-21 Bison do 51º Esquadrão da Força Aérea da Índia e é o 1º Comandante da Ala na Estação da Força Aérea de Srinagar.

Embora não haja confirmação oficial do governo indiano, uma agência de notícias indiana, a ANI, declarou: “O comandante da IAF, Wing Commander Abhi Nandan, decolou em um caça MiG-21 Bison hoje e ele ainda deve retornar”, citando fontes não identificadas.

Um caça F-16 paquistanês teria sido abatido pela Força Aérea Indiana.

Um avião de combate F-16 da Força Aérea do Paquistão teria sido abatido pelas forças indianas de defesa aérea no setor de Rajouri, na região de Jammu, na manhã de quarta-feira, disseram autoridades anônimas à ANI em sua conta no Twitter na quarta-feira.

A aeronave foi derrubada na área de Jhangar, no setor de Rajouri, perto de Jammu e Caxemira, disseram autoridades do Exército Indiano. Detalhes estão sendo aguardados.

A IAF também teria afastado aviões do Paquistão, acrescentaram as reportagens. A Índia teria ativado seu sistema de defesa aérea e seus radares estão em alerta máximo para impedir qualquer agressão do Paquistão.

A situação entre a Índia e o Paquistão continua tensa como a comunidade mundial apelando para o exercício de “contenção”. No dia 26 de fevereiro, 12 caças Mirage 2000 realizaram um ataque dentro do território paquistanês.

Imagem FlightRadar 24.

O espaço aéreo sobre o Paquistão está fechado desde a madrugada do dia 27. Todas aeronaves comerciais estão tendo que contornar o Paquistão. 

Tanto a Índia quanto o Paquistão reivindicam toda a Caxemira de maioria muçulmana, mas controlam apenas partes dela. Os dois países lutaram três guerras e um conflito limitado desde a independência da Grã-Bretanha em 1947. Todos conflito, exceto um, ocorreram na Caxemira.

Anúncios

16 COMENTÁRIOS

  1. Jurava que os países asiáticos estavam se unindo para combater os yankees.

  2. Bom Veja bem, não duvidando da capacidade do Paquistão, avião da India caindo não é novidade….

  3. Acredito que é fundamental informar que esse conflito não iniciou-se com o ataque aéreo da Índia do último dia 26. Na semana passada (14/02), um terrorista do grupo Jaish-e-Mohammed atacou um comboio de veículos na Caxemira indiana resultando na morte de 40 oficiais de polícia. O ataque aéreo foi uma resposta.

  4. Os aviões abatidos pelo Paquistão seria um Bison e um Mi-17, a fotos de um destruído circulando nas redes sociais..

  5. Os dois países têm arsenais nucleares, mantendo-se a escalada em curso o pior pode acontecer e bem rápido ! Espero que surja alguma moderação entre as partes, os terroristas precisam ser neutralizados antes que a coisa fuja ao controle.

  6. Agora tudo o que a força aérea da Índia precisa é de organização, disciplina e efetividade.. O drama é: onde encontrar esses predicados naquele deserto de eficiência????

  7. Decolar Mig-21 ou 17 e mandá-los para próximo da fronteira é pedir abate! As duas aeronaves mal servem para policiamento aéreo, servem apenas para esclarecimento, interceptar voo comercial voando com transponder desligado ou com com pane e vetorá-los até o aeródromo mais próximo.
    Índia tem vetores muito melhores em seu inventário!

  8. Isso pode tornar-se algo pior. Torço para que não haja um conflito nuclear, nenhum conflito na verdade.

Comments are closed.