A KLM encomendou 35 aeronaves E195-E2.

A Embraer anunciou hoje, na 53ª edição do Paris Air Show International, a intenção de compra da KLM Cityhopper para até 35 jatos E195-E2, sendo 15 pedidos firmes com direitos de compra para outras 20 aeronaves do mesmo modelo.

 
Essa intenção, que exige um Contrato de Compra, tem um valor de US$ 2,48 bilhões com base nos atuais preços de lista da Embraer, com todos os direitos de compra sendo exercidos. O pedido será adicionado à carteira de pedidos da Embraer assim que o contrato firme for concluído.
 
“Com uma frota de 49 E-Jets, a KLM já é a maior operadora da Embraer na Europa e adicioná-la à família E2 de operadores seria um grande voto de confiança em nosso atendimento pós-venda e no programa E2. A aeronave usa 30% menos combustível por assento em comparação aos atuais E190 da KLM Cityhopper. E, em termos de ruído, a aeronave é a mais silenciosa de sua classe, tanto internamente para os passageiros quanto externamente, por uma margem significativa*”, disse John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.
 
O Presidente e CEO da KLM, Pieter Elbers, disse: “A Embraer tem sido um parceiro fundamental para a KLM e a KLM Cityhopper nos últimos dez anos. Nossos clientes apreciam o E190 e o E175. O E2 seria uma adição bem-vinda à frota da KLM, proporcionando maior flexibilidade de capacidade e ajudando a reduzir custos. Além disso, o ecoeficiente E195-E2 também suporta os nossos objetivos de sustentabilidade com níveis mais baixos de ruído e emissões.”
 
O desempenho econômico e ambiental da aeronave torna o E195-E2 a aeronave ideal para o crescimento dos negócios europeus da KLM e o apoio à operação em grandes centros de conexão (hub-and-spoke), complementando as frotas da linha principal. É por isso que a Embraer apelidou o jato – The Profit Hunter.
 
A Embraer é fabricante e líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 assentos e possui mais de 100 clientes em todo o mundo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves entregues. Hoje, os E-Jets estão voando na frota de 75 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos voa com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.
Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Vende bem e sem o descontão da Airbus! "Ah, mas cadê a enorme carteira de pedidos?!" diria uma figura chapa branca por ai. rsrsrs

    "A BOEING vai salvar a EMBRAER", oi?!?!

  2. Então mostra aí a enorme carteira de pedidos que só vc enxerga….

Comments are closed.