Concepção artística de um Embraer 170 nas cores da J-Air. (Foto: Embraer)
Concepção artística de um Embraer 170 nas cores da J-Air. (Foto: Embraer)

A Embraer divulga pedido firme da Japan Airlines (JAL) para mais quatro jatos EMBRAER 170. A encomenda já está incluída na carteira de pedidos da Embraer como “cliente não divulgado”. Com este novo acordo, o pedido total da JAL para o E170 alcança agora 15 aeronaves.

Assim como os aviões anteriores encomendados pela JAL, estes quatro E170 estão configurados para 76 passageiros, em classe única, e serão operados pela J-AIR, subsidiária integral da JAL, servindo a rede doméstica da empresa no Japão. A companhia aérea já opera 12 jatos deste modelo, com uma excepcional taxa de disponibilidade de 99,7% nos últimos 12 meses.

“Estamos honrados com esta nova encomenda da JAL, que é um endosso das capacidades do E170 nas rotas domésticas no Japão”, disse John Slattery, Chief Commercial Officer (CCO), Embraer Aviação Comercial. “Desde que entregamos o primeiro avião à JAL, em 2008, estabelecemos um compromisso de apoiar a companhia na retomada de seu crescimento com o E170, permitindo relançar várias rotas enquanto ajusta a capacidade à demanda.”

“Estamos operando cerca de 158 voos diários para 27 destinos em 20 cidades em todo o Japão. Usando estas novas aeronaves adicionais, seremos capazes de expandir nossa rede de e para o aeroporto Itami de Osaka, que é a nossa principal base de operações. Estou certo que nossos clientes também notaram que o E170 oferece uma solução mais confortável e confiável à J-AIR”, disse Tetsuya Onuki, Presidente da J-AIR.

A Embraer também assinou uma extensão para o Programa Pool de peças de reposição com a JAL, incluindo estas quatro aeronaves adicionais. O programa cobre mais de 300 peças para todos os jatos E170 operados pela J-AIR.

Enhanced by Zemanta
Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. excepcional taxa de disponibilidade de 99,7% nos últimos 12 meses…..

    A Embraer realmente conquistou o mercado, é uma atras da outra!!

  2. Chora japonesada da Mitsubishi com seu MRJ90… vão ter continuar vendo os Ejets brazukas todos os dias nos céus japoneses, enquanto seu avião não sai do chão…

Comments are closed.