Airbus A321XRL nas cores da Frontier, uma das companhias aéreas da Indigo Partners.

O grupo de investimento norte-americano Indigo Partners assinou um Memorando de Entendimento (MoU) para aquisição de 50 aeronaves A321XLR.

Vinte deles são destinados à subsidiária húngara Wizz Air. Os outros trinta aviões serão divididos entre outras companhias aéreas do grupo American Frontier Company (18 unidades) e o chileno JetSmart (12 unidades).

O novo acordo entre a Indigo Partners e a Airbus inclui 32 novos pedidos para o A321XLR. As dezoito aeronaves restantes são convertidas a partir de um pedido existente que foi previamente colocado pela empresa americana.

As quatro companhias aéreas da companhia (Wizz Air, Volaris, Frontier, JetSmart) já estão operando 300 aeronaves Airbus A320. Incluindo o novo pedido, o número total de A320 encomendados pela Indigo Partners chegou a 636.

O A321XLR se torna cada vez mais popular com os pedidos vindos de um após o outro. É uma nova variante de longo alcance do A321neo que foi oficialmente anunciada pelo fabricante europeu de aeronaves no primeiro dia do Paris Air Show.

Segundo o fabricante, o novo jato de narrow-body será capaz de transportar até 240 passageiros e terá autonomia de 8.700 quilômetros.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Com o concorrente de castigo e com a reputação queimada, o A321 XLR está nadando a largas braçadas neste evento, e merecidamente. O absurdo cometido pela Boeing para com os seus clientes e as vidas perdidas em duas tragédias provocadas por uma ganância irresponsável são imperdoáveis.

Comments are closed.