Visita foi realizada na unidade da Embraer em Gavião Peixoto (SP).

Uma comitiva formada por 24 pessoas, entre parlamentares e convidados, conheceu, nesta quinta-feira (07), a fábrica da Embraer, em Gavião Peixoto (SP).

A visita foi organizada pela Assessoria Parlamentar e de Relações Institucionais do Comandante da Aeronáutica (ASPAER) e contou com a presença do Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; do Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Major-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues, e do Chefe da ASPAER, Brigadeiro do Ar Flávio Luiz de Oliveira Pinto, entre outras autoridades da Força Aérea Brasileira (FAB). O objetivo foi apresentar a linha de montagem da aeronave multimissão KC-390 e as instalações do Projeto FX-2.

“A Embraer é uma empresa importantíssima para o país e, logicamente, para o Ministério da Defesa. É aqui que está sendo modernizado o F-5, produzido o KC-390, e, futuramente, o F-39 Gripen. O KC-390 vai ser a nossa espinha dorsal na logística e o Gripen será o principal avião da nossa aviação de caça, defesa aérea e ataque ao solo. O futuro da Força Aérea passa necessariamente por aqui”, explicou o Tenente-Brigadeiro Aguiar.

A FAB e a Embraer realizam parcerias desde o nascimento da empresa. “A FAB está sempre apoiando a Embraer em todos os produtos de Defesa. O KC-390 e o Gripen são muito importantes para a manutenção da soberania nacional e a Embaer vem sendo uma parceira muito importante da FAB nessa estratégia”, ressaltou o Diretor de Contratos e Propostas da Embraer, João Bosco.

A comitiva conheceu o GDDN (Gripen Design and Development Network), onde trabalham engenheiros para a produção futura da aeronave de caça F-39 Gripen. Também passou pelo hangar de montagem estrutural, local em que é fabricada a asa e a fuselagem da aeronave multimissão KC-390. Depois, seguiu até o hangar de montagem final do KC-390, onde é realizada a junção das semiasas e asa-fuselagem e a instalação de sistemas elétricos, mecânicos, trens de pouso e dos motores, além de serem realizados diversos testes elétricos e mecânicos. Por fim, conheceu o interior da segunda aeronave KC-390 que será entregue à FAB.

“Quando estamos no plenário da Câmara discutindo algum projeto relacionado a essa área fica uma coisa muito fria porque é algo meio imaginário. Agora quando fazemos essa visita é que percebemos ainda mais a importância. Nós saímos daqui, tendo a certeza da necessidade de muito mais recursos para essa área porque os recursos são muito bem investidos para colocar o Brasil no topo da aviação no mundo”, concluiu o Deputado Federal Gilberto Nascimento Silva.


Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Elias – Fotos: Arnaldo Kikuti / Embraer

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Pelo menos foi por aqui mesmo. Mas é visita para aparecer bem na foto, porque na prática é um nada. Mas tá valendo, não é como uns parlamentares que não apitavam nada e foram à França conhecer as instalações do Rafale…

  2. O objetivo da FAB é sensibilizar o parlamentar para votação do orçamento. Isto é, liberar o dinheiro.

    Meu sonho é que tivéssemos uma comissão de defesa que entendesse do assunto e pudesse decidir sobre os programas de defesa como acontece nas democracias de verdade.

    • Se o comandante da MB chama A4 de caça interceptador, ou seja quem deveria saber, quem ganha muitoo para saber, se esse não sabe, imagina um deputado…
      Mas agora vamos sonhar um pouco, além de eu desejar o fim do Brasil ahaha, agora sério, eu queria ver a descentralização dos estados como ocorre nos states, cada estado sendo responsável pela sua força, transformariamos nossas forças que na real não existem, em guardas nacionais, enfim ao estilo americano, só que de pobre ahah