Uma aeronave A320 da Air Canada parada no Aeroporto Internacional Toronto Pearson, em foto meramente ilustrativa. (Foto: Daniel Slim/AFP/Getty Images)

Uma passageira adormecida da Air Canada foi esquecida no avião, acordando sozinha no frio e no escuro, várias horas depois que a aeronave pousou, informou a Newsweek no domingo.

Tiffany Adams disse que estava em um voo de 90 minuites da cidade de Quebec para Toronto e conseguiu ter uma fila inteira para se deitar, já que o avião estava com apenas um quarto da capacidade total. A informação foi divulgada pela primeira vez por uma amiga de Tiffany no perfil do Facebook.

Ela disse que adormeceu antes da metade do voo. Depois de acordar desnorteada, ela tentou usar o celular, mas a bateria havia terminado.

Ela então encontrou uma lanterna no cockpit do avião vazio e conseguiu abrir a porta perto do assento da comissária de bordo.

A NPR informou, no entanto, que ela não conseguiu deixar a aeronave porque, sem a escada ou o finger do aeroporto, estava alto demais do solo para pular.

Ela usou a lanterna para pedir ajuda, e eventualmente alguém dirigindo um carrinho de bagagem a notou e alertou as autoridades.

Um representante da Air Canada, em seguida, ajudou-a a voltar para o seu carro para que ela pudesse dirigir para casa.

Adams disse que, desde o incidente ocorrido no início deste mês, ela tem estado ansiosa e aterrorizada durante a noite, incapaz de dormir muito.

A Air Canada confirmou a informação de Adams para agência NPR.

Adams disse que as companhias aéreas a chamaram duas vezes como parte de sua investigação sobre o incidente.

Anúncios