Uma aeronave A320 da Air Canada parada no Aeroporto Internacional Toronto Pearson, em foto meramente ilustrativa. (Foto: Daniel Slim/AFP/Getty Images)

Uma passageira adormecida da Air Canada foi esquecida no avião, acordando sozinha no frio e no escuro, várias horas depois que a aeronave pousou, informou a Newsweek no domingo.

Tiffany Adams disse que estava em um voo de 90 minuites da cidade de Quebec para Toronto e conseguiu ter uma fila inteira para se deitar, já que o avião estava com apenas um quarto da capacidade total. A informação foi divulgada pela primeira vez por uma amiga de Tiffany no perfil do Facebook.

Ela disse que adormeceu antes da metade do voo. Depois de acordar desnorteada, ela tentou usar o celular, mas a bateria havia terminado.

Ela então encontrou uma lanterna no cockpit do avião vazio e conseguiu abrir a porta perto do assento da comissária de bordo.

A NPR informou, no entanto, que ela não conseguiu deixar a aeronave porque, sem a escada ou o finger do aeroporto, estava alto demais do solo para pular.

Ela usou a lanterna para pedir ajuda, e eventualmente alguém dirigindo um carrinho de bagagem a notou e alertou as autoridades.

Um representante da Air Canada, em seguida, ajudou-a a voltar para o seu carro para que ela pudesse dirigir para casa.

Adams disse que, desde o incidente ocorrido no início deste mês, ela tem estado ansiosa e aterrorizada durante a noite, incapaz de dormir muito.

A Air Canada confirmou a informação de Adams para agência NPR.

Adams disse que as companhias aéreas a chamaram duas vezes como parte de sua investigação sobre o incidente.

Anúncios

5 COMENTÁRIOS

  1. Cruz Credo ! Haja incompetência ! Cabeças tem que rolar ! Já pensou se esquecem uma criança então ?

  2. Alguém que trabalhe ou tenha conhecimento pode responder?
    – Existe algum procedimento de vistoria da cabine e fileiras feito pela tripulação, antes do embarque e de depois do embarque dos passageiros?
    Eu acho que deve existir, e que não foi feito neste caso.
    A tarefa de minimizar o estrago agora será dos advogados da companhia aérea. Sou um total leigo em assuntos jurídicos, mas acredito que neste caso, é causa ganha.

  3. Conheço gente que já foi parar na garagem da empresa de ônibus porque dormiu demais, acontece kkk..

  4. Afora o aspecto até jocoso do fato em si, mas há claramente a questão da negligência da segurança nos aeroportos: como é que uma pessoa totalmente estranha consegue passar incólume dentro de uma aeronave dentro de um aeroporto por horas a fio? Sabemos todos, mesmo nós leigos, que após ser utilizados, os aviões passam por equipes de checagem e de limpeza/higienização, por isso dizer que uma pessoa foi 'esquecida' dentro de uma aeronave após essa ter sido utilizada é um tanto quanto estranho. Por acaso, a Air Canada emprega deficientes visuais nas suas equipes de checagem?!

    • O que a segurança do aeroporto tem a ver com o que tem dentro de uma aeronave, isso é problema da empresa aérea.

Comments are closed.