Duas aeronaves Phenom 100 começaram a operar na Argentina. (Foto: Embraer)
Dois jatos executivos Phenom 100 iniciaram recentemente operações na Argentina, marcando a entrada da Embraer no mercado de aviação executiva local.

Os primeiros aviões privados da companhia registrados no país estão sendo utilizados em voos de fretamento e particulares. O Phenom 100, aeronave da categoria de entrada, já teve 340 unidades entregues em todo o mundo, sendo mais de 100 somente na América Latina.

“Estamos muito animados com o início das operações dos jatos Phenom 100 na Argentina, mercado que vive um momento de recuperação. Os jatos executivos da Embraer são modernos, confortáveis, com grande capacidade de bagagem, baixo custo operacional e de fácil operação, ideais para a aviação executiva argentina”, disse Gustavo Fonseca, Diretor de Vendas da Embraer Aviação Executiva para a América Latina.

No último mês de janeiro, a autoridade aeronáutica argentina (Administración Nacional de Aviación Civil de Argentina – ANAC) certificou o Centro de Serviços da Embraer em Sorocaba (SP) para manutenção da linha completa de jatos executivos da Embraer com matrícula do país, incluindo esses dois Phenom 100 usados. Em breve, uma oficina autorizada também deve ser homologada em Buenos Aires.

O Phenom 100 tem capacidade para quatro passageiros na configuração padrão, mas pode transportar até 7 passageiros com um único tripulante. Seu alcance de 2.182 km permite voos sem escalas de Buenos Aires até São Paulo, Santiago ou Bariloche.

A Embraer conta com 70 centros de serviços em todo o mundo para atender os mais de 1.100 jatos executivos da marca que voam atualmente em 63 países.

SEM COMENTÁRIOS