O jato G150 que teve problemas na porta e acabou matando o piloto.

As autoridades finlandesas estão investigando um incidente inusitado no qual um piloto morreu quando a porta do avião G150 se separou da aeronave. O piloto estava preparando o jato privado para um voo quando aconteceu o incidente.

O jato Gulfstream G150, geralmente usado para voos privados, chegou ao aeroporto de Kittila, no norte da Finlândia, vindo de Moscou, informou o jornal Ilta Sanomat. Estava sendo preparado para o próximo voo, saindo da popular estação de férias da região da Lapônia para Yekaterinburg, na Rússia, na quinta-feira.

“O avião voou de Moscou tinha passageiros russos a bordo, e deveria voar para Yekaterinburg”, disse o jornal.

O avião que pode acomodar até 20 passageiros estava vazio quando o capitão, o segundo piloto e um comissário de bordo embarcaram na aeronave para verificações pré-voo. Naquele momento, a porta se separou da fuselagem e bateu no piloto. Ela abriu com tanta força que o homem de 50 anos morreu no local, enquanto algumas partes da porta foram encontradas a cerca de dez metros da aeronave, dizem os investigadores.

Descrevendo o acidente fatal como “muito excepcional”, as autoridades finlandesas afirmam que agora consideram uma falha técnica como a principal causa. Eles entraram em contato com funcionários na Áustria, onde o avião está registrado, bem como representantes da fabricante da aeronave nos EUA.

1 COMENTÁRIO

  1. Não é a primeira vez que este tipo de porta causa problemas.
    A uns anos um funcionário em terra ficou ferido quando a porta de um Bombardier ao abrir bateu violentamente em sua cabeça.
    Vejam um vídeo da operação, quem for abrir do lado de fora tem que tomar cuidado e quando for abrir de dentro do avião não tem como saber que tem um distraido do lado de fora.
    . https://youtu.be/_ai4L3tb92o

Comments are closed.