Esperava-se que a China produzisse até três aviões todos os meses, mas apenas um punhado até agora foi fabricado.

Os avançados jatos J-20 da China têm sido difíceis de encontrar desde que entraram em serviço com a Força Aérea do Exército de Libertação do Povo (PLAAF) quase um ano atrás, e não é apenas porque eles são aviões super furtivos. Ocorre que a principal fábrica aeroespacial do país está lutando para fabricar o avião que foi anunciado como a resposta da China ao F-22 da Força Aérea dos EUA e o russo T-50 PAK FA. Analistas apontam que falhas de fabricação não reveladas estão atrasando a produção.

O J-20 foi aclamado pela China como uma maravilha tecnológica quando foi oficialmente apresentado em 2016, capaz de transformar “uma força aérea predominantemente territorial para uma capaz de realizar operações ofensivas e defensivas“. Era esperado que até três J-20 fossem produzidos a cada mês.

Dois hangares totalmente fechados erguidos em Dingxin foram destinados a abrigar o J-20 que, ao contrário do F-22, precisa ser mantido a uma temperatura constante e num ambiente controlado pela umidade durante o tempo de inatividade para preservar sua delicada camada responsável pela furtividade. A temperatura ambiente deve ser mantida a 22º C.

Se o J-20 corresponderá a padrões tão altos como um genuíno caça de quinta geração ainda está sendo debatido, com alguns observadores convencido de que o avião chinês é, na melhor das hipóteses, um esforçado modelo de 4,5 geração. Especialistas apontam seus motores como um problema. O Saturn AL-31 fabricado na Rússia ou o WS-10A Taihang produzido na China ainda carecem de qualidade para dar superioridade aérea ao jato.

A China desenvolveu seu próprio motor turbofan, o WS-15, mas os testes continuam a verificar sua durabilidade. O motor teoricamente seria capaz de transformar o J-20 em um verdadeiramente supersônico. No entanto, o analista militar Andrei Chang apontou que a fuselagem do J-20 precisaria ser adaptada para acomodar a maior relação peso-empuxo do motor e qualquer modificação na célula exigiria meticulosos testes, o que retardaria a sua produção.

Não se espera que o motor esteja pronto antes de 2019.


FONTE: Asia Times

Anúncios

41 COMENTÁRIOS

  1. Só a ponta do iceberg e sempre esteve evidente!
    Não precisava nem ser um especialista em aviação.
    Rússia e EUA com knowHow muito maior e tendo dificuldades com seus produtos e a China que só cópia não iria ter?
    Motor decente para esse avião talvez daqui uns 5-10 anos

  2. A China não tem pressa. Está no caminho para ser a única hiper-potência jamais vista na História.

    • A desculpa é que "a China não tem pressa"? Nem para trollar você serve! Admita que os seus amados chineses, a quem você presta um servilismo incrível, aliás eu diria que é proxenetismo de rodar bolsinha mesmo, simplesmente estão se mostrando INCAPAZES não apenas de construir um caça furtivo (tanto que a donzela precisa ficar em um hangar refrigerado) como também de construir um turbofan aeronáutico decente. Aliás, estão se mostrando incapazes até de copiar um turbofan russo dos anos 80 como é o ALF-31

      • Coloque no Google CJ-1000AX e depois voltamos a conversar. Ok?
        Aproveite e reflita o seguinte:. O que podemos esperar de um País com 1,4 bilhão de habitantes, com a maior economia do planeta, a maior produção industrial jamais vista por um País na História e que vem crescendo enorme e constantemente há décadas, com as maiores reservas monetárias do planeta e taxas de poupança de 50% do PIB?
        Não se preocupe. O mundo é assim mesmo. Uns saem da frente para dar passagem para outros.
        Trump, em sua loucura, percebeu isso. Só que agora é muito tarde.

          • Pois não deveria parar. Segundo o 'CIA World Factbook' o PIB da China, em PPP, já está em US$ 23 tri contra US$ tri dos EUa. Sua taxa de poupança é de 50% contra em 17% dos EUA. Seu crescimento de cerca de 6,5% contra 2,5% dos EUA.
            Esse assunto já é página virada.

            Run USA. Run;

            • Querido,

              Como é calculado PIB?
              PIB não é medida de riqueza.
              Vc está assistido muito a Mirian Leitão.

              O que é poupança? O que são reservas?

              Vc tem certeza que quer discutir dados econômicos comigo?

              • E o que é ''America First'?
                Isso é ridículo. Bizarro.
                O tempo está passando e muitas coisas estão acontecendo na economia e na política mundiais.
                Não depende de mim, nem de sua torcida.
                As coisas estão acontecendo em ritmo muito acelerado e os resultados estão acontecendo.
                Só assista.

        • O que podemos esperar minha cara proxeneta?

          – Crescimento econômico declinante;

          – A política "american first", somada ao fato de que os custos da mão de obra chinesa têm aumentado, tornam o país menos atrativo para plantas industriais. E embora tenham 1,4 bilhão de habitantes, o maior mercado consumidor do mundo são os EUA;

          – Uma Bolha imobiliária prestes a explodir;

          – O critério Paridade-Poder de compra é questionável. A economia dos EUA é 8 trilhões de dólares maior que a chinesa;

          – Dinheiro embaixo do colchão não movimenta a economia e, portanto, não produz riqueza.

          – CJ-1000AX? um projeto de turbofan que não tem duas dúzias de protótipos enquanto o PW-1100 e o LEAP já estão operando….

          Como eu disse, nem para trollar você serve minha cara proxeneta!

          • Eu ainda diria mais no 3º ponto: Uma bolha ECONÔMICA prestes a explodir… Rsss

          • Pois é melhor o 'America First' se apressar.
            Hoje (01/02/2018), saiu nota do Instituto Americano do Ferro e Aço implorando que seja invocada a 'seção 232' de forma a restringir a importação de aço para salvaguardar a indústria nacional.
            Como eu disse, é tarde. Muito tarde.

            • Antes da indústria norte-americana do aço quebrar a indústria brasileira vai quebrar ante ao dumping chinês. Mas você como boa proxeneta sinófila prefere puxar o saco dos seus patrões de olhos puxados….

      • EUA vende linha de helicópteros de 60 anos -> decadência, é o fim, acabou…

        China diz que caça está pronto, só não pode pegar chuva -> maior hiper potência da história

        Ridículo

        • Esperar o quê de um proxeneta sinófilo amigo? E ainda tem outra aqui, que usa o apelido de "detonandoamatrix" mas que atende em outros espaços como Empalado e tem notórios problemas com as mulheres (talvez por também ser defensor da OrCrim do ABC)

    • Caramba Antonio.. Dias atrás comprei briga defendendo seu direito de expressar suas opiniões.

      Mas aí você solta uma dessas…

      Assim fica difícil.

      • Como eu lhe disse na oportunidade meu caro Bruno, "não dá para acender vela para defunto ruim"

        Sds!

      • Deixa o cara, todo lugar precisa de um bobo da corte.

        Ele é engraçado.

        • Se juntar ele, César Antônio vulgo "Xarliane" e o Giba Rezende temos os três patetas…rs!

          • Triste o caminho para onde vão parar as postagens, agressões do tipo "bobo da corte" ou "três patetas", o nível ja foi mais alto.

            • Walfrido, se tem quem venha aqui e não se dê ao respeito (e não respeite a inteligência alheia) acaba estando sujeito a ser chamado de "bobo da corte" e "três patetas"….

              Aliás, o nível aqui era mais alto quando esses sujeitos não vinham poluir o espaço com proselitismo político barato

            • A reação óbvia a uma piada é a risada.

              A postagem inicial justifica com sobras.

            • Está magoadinho porque após uma leitura de voto que perfez três horas o relator descreveu didaticamente o caminhão de provas indiciárias que mostravam que o seu amado Capo praticou os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e na sequência os outros dois desembargadores concordaram com o relator e não apenas mantiveram a sentença do juiz de piso como ainda aumentaram a pena para 12 anos e 1 mês de reclusão?

  3. Sempre desconfiei de um projeto tao complexo ser declarado operacional em tao pouco tempo. O F-35 com todo know how que os eua já tem, tem passado por um gradual processo de aquisiçao de capacidades, e o russos também tem suas dificuldades com o SU-57. Como os chinos poderiam passar tao rapidamente de usurpadores de tecnologia alheia a projetos stealth eficazes se nem seus caças convencionais se equiparam aos de varios outros países?

    • O maior problema enfrentado pelos russos é a falta de recursos financeiros.

  4. Eu sempre disse o calcanhar de aquiles do avião chines era o motor. Detalhe que o principal motivo da compra dos Su-35 pelos chineses foi por causa do motor deles. Porem mais uma vez a China esta dois passos atrás, o AL-41 é um motor de quarta geração com empuxo e confiabilidade que a china não conseguiu fabricar, aliás os chineses não conseguiram fabricar nada melhor que o AL-31, se os tivessem feito não veríamos mais o J-20 com o motor Russo, concordam? Porém o mais adequado ao aparelho Chines seria um motor de quinta geração, motor este que até os Russos estão apanhando para desenvolver. Conclusão: China tem muito trabalho para fazer, por mais dinheiro e competência técnica que eles tenham não há como pular estapas de desenvolvimento!

    • Problemas no desenvolvimento de produtos são comuns.
      Basta ver o F-35 que até hoje passa por problemas e críticas, até de sua viabilidade, por questões técnicas e financeiras.

      • O F-35 a despeito dos problemas vai tomando seu caminho. Já a rainha de hangar chinesa além de ar-condicionado sequer tem motores próprios.

        Tente outra vez!

    • " …Por mais dinheiro e competência técnica não há como pular etapas de desenvolvimento"

      Isso me fez lembrar uma certa lenda chamada ToT…

      Independência de verdade se conquista com muito esforço, suor e determinação, não esperando o milagre cair do céu.

  5. Apenas posso dizer que tal notícia mais do previsível está me fazendo rir muito! E rir alto! todos os comentaristas honestos do CAVOK sempre souberam disso e ainda assim eram atacados pelos "especialistas" que lêem a Rede Sputnik de Comunicação (que inclui também o Southfront e outras mídias de esgoto) como se fossem as escrituras sagradas e passaram a deitar falação por aqui, de que o F-22 seria um "avião incompleto" , que o F-35 teria "200 protótipos" e que Rússia e China estavam "dando seta para ultrapassar tecnologicamente os EUA".

    Pois bem, enquanto o programa do Su-57 pena com atrasos bem mais constrangedores que os do F-35, e o J-20 mostra-se uma legítima "rainha de hangar" visto que até de ar-condicionado precisa, o F-22 faz artes na Síria aparecendo para os aviões de ataque da VKS antes que os Su-35 de escolta sequer percebam e o F-35,a despeito dos problemas, vai encontrando o seu caminho (aliás, nesse exato momento está participando do Red Flag 18-1)

  6. Diz a lenda que a china ja não pensa mais em 5 Gen, vai pular para 6 Gen. kkkkkk

  7. Com base em que o F-117 Stealth quando apareceu na guerra do Golfo já tinha mais de dez anos que existia em segredo. Hoje seguramente com o estágio atual do F-35 os EUA já estão talvez até voando protótipos do seu vetor de 6º geração. Simples assim.
    Nada contra o processo evolutivo de meios militares chineses ou russos, os quais teem seus méritos, mas estão bem atrás em muitas áreas sensíveis, assim como os norte americanos ,na minha opinião estão atrás dos russos em mísseis e outros sistemas. Mas sabemos que cada um tem suas necessidades individuais.

  8. Sorte do Brasil que soube fugir no momento da 5° geração, cheia de mimimi e frescuras com um altíssimo custo.
    Que demore muito até entrarmos nesta geração de aviões de caça, enquanto nossos vizinhos não comprarem não tem porque o Brasil adquirir estes aviões.

    • Fora que é uma questão de verba, nosso orçamento não comporta caças de quinta geração, simples assim. Eu já me preocupo se o Gripen E/F irá voar o quanto é necessário para mantermos nossos pilotos minimamente adestrados. Imagine se tivéssemos escolhido outro aparelho com uma hora voo muito mais cara e muito mais complexo de operar. Serviria apenas para exposição estática! Eu ainda prefiro o SH, mas acredito que no final das contas o Gripen foi uma boa escolha. O que me preocupa é essa fusão Boeing e Embraer atrapalhar as entregas das nossas unidades. Vamos lembrar que os F-5 necessitam dar baixa, elas já estão programadas, com ou sem Gripen aqui eles pararão e voar.

      • A verba até comportaria, o problema é que é contingenciada todos os anos além de pagar salários e pensões.

Comments are closed.