O porta-helicópteros HMS Ocean (L-12) em operação com a Marinha Real britânica.

A Marinha do Brasil confirmou hoje através de nota à imprensa que as negociações para aquisição do navio de assalto e porta-helicópteros HMS Ocean (L-12) pertencente à frota da Marinha do Reino Unido estão em andamento, e que a embarcação, que ainda está na ativa no Reino Unido, deve chegar ao Brasil em junho de 2018.

O navio de combate anfíbio HMS Ocean, comissionado em setembro de 1998, deverá ser recolhido à base de HMNB Devonport a partir de março de 2018, e então deverá começar o trabalho de preparação para entrega da embarcação ao Brasil, que assim poderá retornar a ter um navio com capacidade de ter a bordo 18 helicópteros de vários tipos.

Com esta possível compra, que ainda depende de algumas etapas de negociações entre as partes, o Brasil terá um substituto do porta-aviões A-12 São Paulo, que está desativado desde o começo deste ano.Segue o comunicado oficial da Marinha Brasileira: 

“A Marinha do Brasil recebeu autorização do MD para dar continuidade às negociações para a aquisição do HMS OCEAN. A referida autorização foi concedida no dia 29 de novembro de 2017.

A partir da autorização, a MB está executando a continuidade das negociações dos diversos aspectos que envolvem a transferência de titularidade, a formalização do contrato de aquisição e sua posterior assinatura. Após estas etapas, o Navio, já com a presença da tripulação brasileira, deverá passar por um período de preparação, a ser realizado no Reino Unido, onde serão revisados diversos sistemas e equipamentos.

Ademais, estará previsto um período de treinamentos e cursos a serem ministrados pela Royal Navy e por empresas fabricantes de diversos equipamentos de bordo, visando à familiarização de nossos militares com o Navio e dando ênfase aos procedimentos de segurança. Espera-se receber o navio até o mês de junho de 2018.

A Marinha do Brasil estima investir a quantia de £ 84.6000,00 (oitenta e quatro milhões e seiscentas mil Libras Esterlinas), incluídos o valor de aquisição do Navio, os serviços de manutenção necessários e o treinamento da tripulação brasileira.

Atenciosamente,
CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA”

27 COMENTÁRIOS

Comments are closed.