Portugal se comprometeu em comprar 5 aeronaves KC-390 da Embraer.

O Governo de Portugal vai atribuir 10 milhões de euros para financiar a participação do Estado, em parceria com a Embraer, no programa de desenvolvimento e produção da aeronave de transportes multi-missão KC-390, conforme aprovado na quarta-feira (30/05) pelo Conselho de Ministros.

O valor foi apresentado pelo ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, no final da reunião. Portugal decidiu adquirir 5 aeronaves KC-390 em 2017.

A resolução que autoriza a verba de 10 milhões de euros foi apresentada como “fator de desenvolvimento e dinamização e industrial no setor aeronáutico e para a economia nacional”.

Os KC-390 vão substituir as aeronaves de transporte C-130 Hercules da Força Aérea Portuguesa e o programa tem a sua fase de conclusão prevista para o final deste ano.

Os C-130 Hercules estavam previstos para passar por um processo de modernização, mas o programa foi cancelado, para possibilitar verba aos novos KC-390, até que estes atinjam a Capacidade Operacional Final.

O ministro da Defesa de Portugal, José Azeredo Lopes, disse anteriormente que “Portugal comprometeu-se junto da OTAN e da União Europeia (UE) a reforçar o investimento na Defesa num movimento de adesão aos novos e exigentes desafios representados pelos avanços dramáticos ao nível da defesa europeia”.

O ministro recordou que recentemente a UE aprovou um pacote de 17 projetos multinacionais e que Portugal, na fase inicial, assumiu o compromisso de participação em pelo menos seis.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Diante das incertezas de verbas das nossas FA's, me pareceu acertada a decisão da Embraer em pulverizar a produçõ de partes, permitindo assim investimentos vindos de outras fontes.

Comments are closed.