globalassets-commercial-air-gripen-fighter-system-gripen-ng-gripenhdr2
Mock-up do JAS 39E Gripen, designado ‘F-39 Gripen’ pela FAB / © Saab AB, em caráter ilustrativo

LINKOPING, Suécia (Reuters) – A sueca Saab está olhando de perto a turbulência política no Brasil, que encomendou 36 de seus caças Gripen NG, mas não espera que a crise prejudique o programa, disse o presidente-executivo da empresa, Hakan Buskhe.

“Todos estamos olhando o que acontece no Brasil, mas não estou tendo noites sem dormir”, disse Buskhe a jornalistas, ao ser questionado se a crise poderia afetar seu crescimento no país.

O Brasil se mostrou interessado em comprar mais duas levas de Gripens.

Buskhe afirmou que a Saab está realizando uma contínua revisão de seus principais produtos de defesa 600, avaliando cada um segundo dez parâmetros, e com a meta de reduzir seu número enquanto permanece uma “companhia ampla”.

O executivo disse que a Saab provavelmente fará mais vendas que aquisições conforme ajusta seu portfólio, mas que o valor das aquisições será maior.

Um porta-voz afirmou que a Saab está realizando uma revisão de produtos sem data de conclusão.

divider 1

FONTE: Reuters

EDIÇÃO: Cavok

Anúncios

10 COMENTÁRIOS

  1. …fico imaginando se nossos netos farão piadinhas do gripen daqui alguns anos como se faz com o Forevis hoje.

    sds.

    • O "planejamento" é para que se chegue a 108 aeronaves…

      Se chegar a 72 já vai ser uma vitória…

        • Não é querendo ser pessimista, mas se pousarem no Brasil já será uma grande vitória.

          • E está previsto no contrato de venda?

            Ou seja, opções de compra de x aviões, ao preço y?

      • Acho que vai ficar nos 36. A Fab vai partir para outro tipo de Aeronave. Já fez isso antes. F5 e Mirage.

  2. Tomara que cheguemos ao menos aos 36, isso se os mandatários dessa colônia de vera cruz não acharem dispensável também a segurança nacional.

    • Se chegar nos 36, dê-se por realizado, porque serão os últimos caças da FAB…a sombra da SAAF paira sobre a força aérea da Ilha…ilhota…

Comments are closed.