O primeiro Airbus A220-300 da EgyptAir dentro da oficina de pintura em Mirabel, Canadá.

O primeiro A220-300 da EgyptAir foi visto na oficina de pintura da Airbus no dia 9 de julho, na unidade de Mirabel, em Quebec, no Canadá.

A Airbus divulgou uma foto da nova aeronave em sua conta no Twitter com as cores da transportadora de bandeira do Egito.

A EgyptAir se tornará a operadora de lançamento do jato regional canadense da Airbus no norte da África. A companhia aérea africana também será a sexta companhia aérea no mundo a operar a A220, depois da Swiss, da Air Baltic, da Korean Air, da Delta Air Lines e da Air Tanzania.

A aeronave passará por testes de solo pré-entrega e fará seu primeiro voo nos próximos dias. A companhia aérea irá revelar as rotas em que a aeronave será implantada após a entrega.

Em janeiro de 2018, a EgyptAir assinou um contrato de encomenda de 12 jatos CS300 com a Bombardier Commercial Aircraft, incluindo direitos de compra para mais 12 cópias do mesmo tipo. Naquela época, a aeronave estava sendo comercializada sob a marca CSeries da fabricante canadense de aeronaves. O programa foi rebatizado como A220 depois que a Airbus assumiu a participação majoritária do programa Series em julho do ano passado.

“O perfil exclusivo de rentabilidade do A220 nos permitirá abrir novas oportunidades e se encaixar perfeitamente em nossa estratégia de crescimento”, disse Safwat Musallam, presidente do conselho e diretor executivo no momento do anúncio. “Nossos passageiros terão o melhor conforto da categoria e esperamos integrar essa aeronave inovadora e eficiente à nossa frota”.

Todos aviões devem ser entregues até 2020 substituindo 12 Embraer E170 na frota da subsidiária regional da companhia aérea EgyptAir Express.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS