A equipe do exército australiano recebe uma placa da Airbus Helicopters para comemorar a marca de 2.000 horas de voo atingida pelo Tiger ARH “001”.

O Exército Australiano alcançou um marco importante com seu helicóptero de reconhecimento armado (ARH) Tiger, quando o exemplar com número de série A39-001 atingiu a marca de  2.000 horas de voo, sendo essa unidade a primeira de toda frota global Tiger a ser entregue. Sob o comando do Tenente Coronel Dave Lynch, um experiente piloto e instrutor, o Tiger ARH “001” atingiu as 2.000 horas em um voo a partir do Centro de Treinamento de Aviação do Exército Australiano em Oakey, para o quartel Enoggera Gallipoli em Brisbane.

A aeronave 001 foi o primeiro de dois Tigers ARH entregues ao Exército Australiano em dezembro de 2004 no memorável desfile acompanhado por dois Cavaleiros de Luz. É a única aeronave da frota australiana equipada com instrumentação de teste de voo especializada, que permite a coleta de dados para aeronaves e gerenciamento de frota em condições australianas, e para o desempenho de armas e envelopes de voo.

A rica história de ensaios de voo tanto na França quanto na Austrália nas aeronaves 001 inclui os testes de voo de aceitação inicial em 2004, os primeiros disparos de foguetes de 70mm na área de testes Cazaux na França em 2004, os primeiros disparos de mísseis Hellfire de um Tiger em Woomera, o primeiro disparo de foguetes guiados a laser APKWS (Advanced Precision Kill Weapon System) da BAE Systems de um Tiger em Woomera em 2016, e o primeiro pouso embarcado em um navio de um Tiger australiano, no LHD HMAS Canberra em 2017.

O Tenente Coronel Dave Lynch recebe a placa das mãos do Tony Fraser, diretor executivo da Airbus para região Pacífico e Austrália.

O Tenente Coronel Dave Lynch é o Comandante da Escola de Aviação do Exército em Oakey, onde os Instrutores de Voo Qualificados do Exército e da Airbus trabalham juntos em um acordo de parceria estreita para formar alguns dos pilotos mais qualificados da Força de Defesa Australiana, que depois seguem para o 1º Regimento de Aviação em Darwin. Os cinco Tigers ARH em Oakey, incluindo o ARH 001 são mantidos pelo grupo da Airbus Australia Pacific.

Ao falar da aeronave, o Tenente Coronel Lynch disse que “a aeronave Tiger ARH é um sistema de armas potente que tem trabalhado duro para amadurecer a um ponto onde ele entrega os efeitos necessários no tempo e no alvo. A aeronave em si tem a melhor agilidade e manobrabilidade que melhoram a capacidade de empregar as armas de precisão para lutar e vencer na terra ou no ambiente anfíbio. Esta agilidade também torna um sonho absoluto para voar, pois tem uma resposta de controle nítida e características de manuseio verdadeiramente despreocupadas, permitindo maior foco na missão.

Tony Fraser, diretor executivo do Grupo Airbus Australia Pacific, esteve presente para testemunhar a chegada do Tiger após o voo que marcou as 2.000 horas, e disse: “em nome de todos os funcionários da Airbus aqui e na Europa envolvidos no desenvolvimento, fabricação, montagem e suporte do Tiger ARH, felicitamos o Exército por essa conquista significativa. Para o Tenente Coronel Lynch, afortunado o suficiente para pilotar esta fantástica máquina, e todos aqueles que estão na plena capacidade da Aviação do Exército, estamos muito orgulhosos de nossa contribuição para a segurança, sensores e efeitos de letalidade operacionais que são trazidos para os soldados através do Tiger ARH.

Momento da chegada do helicóptero Tiger ARH “001” após o voo que ultrapassou a marca de 2.000 horas.

O Exército Australiano encomendou 22 helicópteros Tigers ARH da Airbus, o último dos quais foi entregue em 2011. Globalmente, o Tiger ARH é parte das Forças de Defesa da Austrália, Alemanha, França e Espanha.

SEM COMENTÁRIOS