Esquadrão de Gripens da Suécia, com um KC-135 da França
Esquadrão de Gripens da Suécia, com um KC-135 da França

Os Gripen ficarão uma semana efetuando esse treinamento com um KC-135 da França

Pela primeira vez, uma unidade de pilotos suecos reabasteceram com sucesso as aeronaves Saab JAS 39 Gripen no ar. O reabastecimento aéreo tem sido possível desde as versões C/D do caça Gripen que foi introduzido em 2007 e agora é o momento dos pilotos suecos receberem o treinamento. A nova capacidade permite aos pilotos voarem mais de oito horas de cada vez e, além disso, cobrir grandes distâncias.

Três pilotos do Esquadrão F21 e três pilotos do Esquadrão F17 estão sendo treinados em reabastecimento aéreo num curso de uma semana de duração. Eles receberão a assistência de três instrutores da unidades de desenvolvimento tático JAS, que desenvolveu o pacote de treinamento. Uma vez que os seis pilotos completarem o treinamento, eles irão servir como instrutores nas suas respectivas unidades. Todos pilotos em operação na Força Aérea da Suécia deverão receber o mesmo treinamento.

O que distingue as versões C/D do Gripen, das versões anteriorer é que essas são equipadas com um receptáculo, um braço telescópico, que permite que a aeronave possa ser reabastecida no ar. A tarefa do piloto é inserir esse braço dentro de uma gôndola, que faz parte de uma haste flexível (que pode ser recolhida e extendida) com uma mangueira conectada no avião tanque. A Suécia atualmente não possui uma aeronave reabastecedora, então um KC-135 da Força Aérea Francesa será usada no treinamento.

Fonte: Saab

Anúncios