(Imagem: U.S. Air Force –  Sgt. Joshua Williams)

A Pratt & Whitney recebeu uma modificação de US$ 762,5 milhões em um contrato de taxa de incentivo de preço fixo previamente concedido para motores de caça F-35.

A modificação financia 48 motores F135-100 para aeronaves F-35A da Força Aérea dos EUA e 10 motores F135-600 para o F-35B do Corpo de Fuzieliros Navais dos EUA – USMC.

O contrato da Força Aérea vale US$ 521,5 milhões e o USMC representa US$ 241 milhões e estão diretamente ligados ao lote 14 do F-35.Cerca de 85% do trabalho será realizado nas instalações da Pratt em East Hartford, Connecticut, e o restante na fábrica de Indianápolis, Indiana (11,8%) e Bristol, Reino Unido (2,9%). Os motores deverão ser entregues até em abril de 2022.


Com informações de Air Force Magazine

Anúncios