O Qatar e o Kuwait estão interessados no caça multimissão francês Dassaut Rafale.

O Qatar e o Kuwait estão interessados ??em comprar caças franceses Rafale, mas estão esperando para ver se os Emirados Árabes Unidos farão primeiramente a compra, disse o ministro da Defesa da França nesta segunda-feira, quando anunciou que Paris deve adquirir novas aeronaves de reabastecimento aéreo da Airbus.

“Eles estão interessados ??de verdade, mas eles não saberão ao certo até que o primeiro faça a aquisição,” disse o ministro Gerard Longuet.

Ele disse esperar que os Emirados Árabes Unidos, que está negociando com a França a compra de 60 Rafales, deve tomar uma decisão “dentro de um prazo que permitirá que seus dois países vizinhos, que esperam ser interoperáveis com os Emirados, possam tomar as decisões”.

Especialistas do setor estimam que o Kuwait necessite entre 18 e 22 caças novos e que o Qatar precisa 24.

Depois de abrir negociações sobre a compra em 2008, os Emirados Árabes Unidos disse em novembro que a oferta de Rafales da Dassault Aviation da França não era competitiva, e abriu o concurso para a concorrência, no caso o Eurofighter.

A França tem levantado preocupações sobre o futuro do programa Rafale, que tem lutado para encontrar compradores estrangeiros para apoiar um projeto que até agora custou mais de 40 bilhões de euros (US$ 51 bilhões).

Longuet advertiu em dezembro que a produção do caça multimissão Rafale poderia parar se ele permanecesse incapaz de vender para qualquer país estrangeiro.

Fonte: AFP – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

Anúncios

27 COMENTÁRIOS

  1. O problema é que os EAU, querem mais desconto, e além disso que a própria França financie os upgrades desejados. Enquanto isso não se resolver, os EAU vão cozinhando os gauleses em banho-maria. 🙂

    Mas ainda acho que vai ser os EAU o 1º país operador do Rafale fora a França.

    []'s

    • Vão cozinhando até que o Sr. Ahmadinejad bate a porta deles e cobre o aluguel da área :D.

  2. Tá estranho isso. Os EAU fecharam um acordo para a compra de mais caças F-16 (o maior pesadelo do rafale). Posso ver o Qatar com rafales. Mas o Kwait? Eles são praticamente controlados pelos americanos. É mais fácil o Kwait comprar F-16 ou SH a preço de banana do que os rafales.

  3. Ninguem realmente confia na França, já traiu a argentina, traiu kadaffi, querem dar uma de espertos fazendo terceiros pagarem toda a conta de desenvolvimento do rafale… So o Brasil iria arcar com 8 bi, juntando os outros países interessados eles sairiam com troco ainda…

    • Quem traiu a Argentina foram os Chilenos que hospedaram as tropas da SAS em seu território, os Americanos que com fotos de satélite localizaram o Belgrano, e deram apoio logístico de Ascenção. Todos fecharam as portas a venda de armas a Argentina, inclusive o Brasil.

      • Wolf, o Chile não traiu a Argentina porque eles são inimigos seculares. Dois anos antes a Argentina queria invadir o sul do Chile. Então essa de traição do Chile não cola.

        Eu acho que o GAL se refere ao caso dos mísseis excocet quando a França repassou todas as informações para os ingleses.

        • Desculpe discorda mas não creio que a França traiu a Argentina. A ONU impôs um embargo de armas aos hermanos tendo em vista ser ela o agressor ao invadir as ilhas. Ademais (e ao contrário do Brasil) a política externa francesa é pragmática e atua em defesa dos interesses nacionais, e franceses e ingleses são aliados de longa data, já suaram e sangraram muito em diversas guerras. Nada mais natural que a França agisse em consonância com os ingleses. Quem os Franceses traíram mesmo foram os Israelenses.

      • Wolfie, vc só esqueceu de dizer usamericanus são filhos dos ingleses e que a Argentina quase foi a guerra contra Brasil também por causa da Usina de Itaipu, sendo que o presidente argentino foi expulso de Brasilia se não me falha a memória pelo General Geisel..

        E a Argentina só não invadiu o Chile porque o Brasil se posicionou a favor do Chile.

        Os brasileiros sempre ficaram com um pé atrás com os argentinos, tendo inclusive os melhores equipamentos militares na região sul em virtude disso..

  4. Ninguém quer ser o primeiro em adquirir o Rafale, será que o preço do vetor + armas + manutenção, anda assustando os possíveis compradores??!! Mas uma hora deve vender, senão (THE END).

    Deve ter uma cabeça de burro enterrado na sede da Dassault, haja urucubaca!

  5. Mais uma vez os franceses falam pelos compradores. Eles pelo jeito não aprendem com o com seus erros. Na última EAU já tinha comprado o Rafale, antes do Cheik reclamar a todos e a olhos vistos o preço do caça da empresa Dassault.

    O Rafale não é um caça, é uma religião neopentecostal francesa.

Comments are closed.