RAAF Boeing EA 18G Growler 600x334 - RAAF recebe todas suas 12 aeronaves de ataque eletrônico EA-18G Growler
A Real Força Aérea Australiana agora conta com 12 jatos de guerra eletrônica EA-18G Growler. (Foto: RAAF)

Na última semana, a Real Força Aérea Australiana (RAAF) completou sua frota de aeronaves de guerra eletrônica EA-18G Growler, com a introdução em operação das duas últimas aeronaves.

O Ministro da Defesa, senador Honise Marise Payne, juntamente com o vice-marechal do ar Steven Roberton, comandante aéreo da Austrália, saudaram a completa frota de aeronaves de ataque eletrônico EA-18G Growler na Base da RAAF de Amberley.

As duas primeiras aeronaves Growlers chegaram à Austrália em fevereiro de 2017, e a frota cresceu desde então até as 12 aeronaves totais.

185145 1 600x434 - RAAF recebe todas suas 12 aeronaves de ataque eletrônico EA-18G Growler

O ministro Payne disse que a chegada do Growler fornece uma nova e potente capacidade tecnologicamente avançada para a força de defesa australiana (ADF).

“Nós somos o único país fora dos Estados Unidos que opera o EA-18G Growler e a chegada completa de todas aeronave representa um salto significativo na capacidade conjunta de guerra eletrônica”, disse o ministro Payne.

“Esta é uma conquista incrível para a ADF. Essas aeronaves são capazes de apoiar todo o espectro de missões da Defesa, incluindo operações com parceiros da coalizão.

“O EA-18G Growler trabalhará com o Exército e a Marinha para entregar uma força conjunta em rede capaz de manobrar e lutar no espectro eletromagnético.

“A chegada afirma o compromisso do governo de manter a capacidade e se preparar para os conflitos mais complexos e de alta tecnologia do futuro”.

b88851243t620x465 600x450 - RAAF recebe todas suas 12 aeronaves de ataque eletrônico EA-18G Growler

O Chefe da Força Aérea, o Marechal do Ar, Leo Davies, disse que estava extremamente orgulhoso de todo o pessoal que trabalhou nesse projeto, tanto na Austrália como no exterior.

“A entrega desta capacidade mostra o que nossos membros da Força de Defesa são capazes ao lado de nossos homólogos dos EUA”, disse Davies.

“A Marinha dos EUA tem sido muito generosa no treinamento de nossas equipes de tripulação e manutenção, e cimentamos nossa reputação como parceiros de coalizão credíveis.

“Os Growlers australianos já realizaram disparos de armas bem sucedidos e voos de integração com os F/A-18F Super Hornets da RAAF e os EA-18G Growlers da Marinha dos EUA, como parte do Teste Operacional e Avaliação. Também tivemos a graduação do primeiro curso de transição operacional.

“Através da nossa parceria com a Marinha dos EUA, já estamos planejando manter a Growler na vanguarda da capacidade de ataque eletrônico ao longo da vida da aeronave.

“Gostaria de reconhecer o compromisso da Base da RAAF em Amberley, do Grupo Estate & Industry e das famílias do Esquadrão 6 que geraram a casa desta nova e excitante aeronave”.

EA18GGrowler 600x308 - RAAF recebe todas suas 12 aeronaves de ataque eletrônico EA-18G GrowlerO Growler é baseado na estrutura do F/A-18F Super Hornet e equipado com aviônica adicional, receptores de radiofrequência aprimorados, um conjunto melhorado de comunicações e pods de interferência de radiofrequência que permitem bloquear sistemas inimigos. Ele proporcionará uma capacidade complementar ao F/A-18F Super Hornet e ao avião de caça furtivo F-35A Lightning II.

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. A RAAF investiu de forma muito pesada e consciente em seus vetores. Uma força de muito respeito.

    • Se eles tem o mesmo orçamento de uma tal "pufencia" da América do sul.
      A diferença é que eles estão preocupados em defender sua soberania e não achar pixulecos por ai

      • O pessoal aqui prefere ostentar e se justificar em códigos de conduta do século XIX, pensões vitalícias, burocracia e escrivaninhas que de fato cumprir sua missão. Fazer seu trabalho é muito difícil. Que fique claro: isso vem de cima. O operacional sofre.

        Mas a cultura da oligarquia eletiva é essa mesma. O dinheiro não chega no final, é corroído em um processo burocrático sem fim.

  2. Aqui no brasil prevalece a máxima : " Farinha pouca ,meu pirão primeiro" . Além de serem parte da uniao Britânica das nações , a Australia vive proximo de vizinhos problemáticos !

Comments are closed.