O Next Generation Jammer Mid-Band Pod preso a um jato Gulfstream durante testes realizados pela Raytheon.

A Raytheon Company entregou o primeiro pod Next Generation Jammer Mid-Band (NGJ-MB) de engenharia e desenvolvimento de fabricação (EMD) à Marinha dos EUA para iniciar testes de integração no solo e nas aeronaves.

A Raytheon entregará 15 pods EMD para testes e qualificação de sistemas de missão, além de 14 pods aeromecânicos para certificação de aeronavegabilidade.

O NGJ-MB é um sistema de armas de ataque eletrônico de alta capacidade e alto poder para as aeronaves de ataque eletrônico EA-18G Growler da Marinha dos EUA. Ele protegerá as forças aéreas ao negar, degradar e interromper os radares de ameaças e os dispositivos de comunicação.

“O primeiro pod NGJ-MB está pronto”, disse Stefan Baur, vice-presidente da Raytheon Electronic Warfare Systems. “Estamos um passo mais perto de ampliar o alcance e capacidade de interferência da Marinha. A entrega deste pod permitirá a verificação inicial de procedimentos em terra, propriedades de massa, instalação nas aeronaves e verificações do Teste Interno em preparação para o futuro teste em voo.”

Além disso, no terceiro trimestre de 2019, a Raytheon utilizará um pod Prime Cappower Generation Capability instalado em uma aeronave comercial da Gulfstream para conduzir testes de voo de geração de energia e esforços de redução de risco em apoio ao processo inicial de liberação de voo.

A arquitetura e o design do NGJ-MB da Raytheon incluem a capacidade de operar em uma faixa significativamente aprimorada, atacar vários alvos simultaneamente e técnicas avançadas de interferência. A tecnologia também pode ser dimensionada para outras missões e plataformas.

A solução Mid-Band Jammer Next Generation da Raytheon foi selecionada pela Marinha dos EUA em 2013 para substituir os antigos sistemas ALQ-99 usados ??na aeronave de ataque eletrônico aerotransportado EA-18G. Em 2016, a Marinha dos EUA concedeu à Raytheon um contrato de US$ 1 bilhão de engenharia e desenvolvimento de manufatura da Next Generation Jammer Mid-Band.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Imagina o quanto avançado é isso, se os misseis anti radar são os mais restritos nas vendas, imagina esse POD.
    Será que a fab treina seus pilotos para esse tipo de interferência, será que um piloto ou esquadrilha sabe identificar que está sendo "jammeado"?

  2. 1 bilhão de dólares para desenvolvimento do bicho? Num dos países que mais tem conhecimento na área?

    Quanto custaria para um país que ai da engatinha nesta área do conhecimento?

Comments are closed.