A equipe dos Red Arrows voa em formação com um F-22 Raptor. (Foto: U.S. Air Force)

A equipe de demonstração britânica Red Arrows está pronta para realizar sua maior turnê da América do Norte quando pintarão os céus dos EUA e Canadá de vermelho, branco e azul.

Ao anunciar o histórico programa de nove semanas da Equipe de Demonstração Acrobática da Real Força Aérea, o secretário de Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson, disse que os Red Arrows se exibirão nas Américas, alcançando um público de milhões de pessoas e mostrando o melhor da aviação britânica.

“Nossos Red Arrows divulgam a bandeira da Grã-Bretanha em todo o mundo, tanto nos céus quanto no solo, e essa turnê não apenas mostrará seu trabalho em equipe e excelência em aviação, mas também promoverá nossa grande nação para bilhões de pessoas em todo o mundo.

Sobrevoo em New York.

“Depois de um ano incrível celebrando o Centenário da RAF, parece apropriado que os Red Arrows se preparem para iluminar os céus de nossos aliados mais próximos em 2019, celebrando e fortalecendo nosso incrível relacionamento com os EUA.”

O retorno dos Red Arrows para os EUA marcará a primeira turnê significativa da América do Norte em uma geração, com a equipe tendo realizado sua última turnê nos EUA em 1993.

E o início da implantação no próximo ano será a primeira exibição que a equipe fará nos EUA em uma década, após uma breve visita do Red Arrows à costa leste dos EUA em 2008.

Além de exibir uma variedade de shows e eventos nas Américas, a equipe também participará de compromissos promovendo a campanha GREAT do governo, visitará escolas locais, reunirá líderes empresariais e mostrará o melhor da cultura britânica.

A turnê deverá gerar £ 2,5 bilhões em investimento estrangeiro direto para o Reino Unido.

O oficial sênior da RAF responsável pelos Red Arrows, disse: “A implantação do Red Arrows demonstrará o alcance global e a capacidade da RAF e nosso apoio contínuo às indústrias de defesa e comércio do Reino Unido”.

“Junto com a campanha GREAT Britain, o Western Hawk 19 mostrará nossa excelência, profissionalismo e orgulhosa herança em educação, engenharia, tecnologia e finanças para nossos aliados. Estamos muito ansiosos pela nossa visita entre agosto e setembro de 2019″, disse o Vice-Marechal do Ar Warren James.

A equipe dos Red Arrows sobrevoam a Estátua da Liberdade na turnê em 2008.

O programa nos EUA vem após a bem sucedida turnê 2016 dos Red Arrows na Ásia-Pacífico e Oriente Médio.

O destacamento de nove semanas, 20.000 milhas, visitou 17 países e atraiu uma audiência global de um bilhão de pessoas, com a equipe se exibindo na China pela primeira vez.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Falando em equipe acrobática, quando os chineses da August 1st Aerobact Team vão deixar de "medinho" e vão rodar o mundo (mesmo) mostrando o que sabem nos J-10A?

Comments are closed.