Com a chegada dos novos F-35B no Reino Unido foi iniciado o treinamento dos pilotos no país.

Seis novos jatos F-35B Lightning II chegaram na Base da RAF de Marham na terça-feira possibilitando que todo o treinamento no jato da próxima geração seja realizado no Reino Unido pela primeira vez.

As novas aeronaves de última geração fizeram o voo de 10 horas desde a Estação dos Fuzileiros Navais dos EUA (MCAS) de Beaufort, na Carolina do Sul, até o Reino Unido, onde foram incorporados ao Esquadrão 207 da RAF.

A formação agora totalizou 18 dos jatos de combate no Reino Unido, demonstrando o progresso do Reino Unido em atender a ordem projetada de 138 aeronaves durante a vida útil do programa.

As aeronaves receberam combustível em voo durante o voo de translado.

O ministro da Defesa, Mark Lancaster, que recebeu as aeronaves na Base da RAF de Marham, disse que a chegada do esquadrão representa “outro marco no progresso desta aeronave que ganhará o mundo”.

O Marechal do Ar Sir Stephen Hillier, chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, disse estar “encantado” em ver o segundo esquadrão chegar.

Desde 2013, o pessoal da RAF e da Royal Navy tem treinado ao lado de colegas dos Fuzileiros Navais dos EUA em Beaufort.

O Esquadrão 207 oficialmente será comissionado no dia 1º de agosto de 2019 e o primeiro curso de pilotos de F-35 na Base da RAF de Marham deve começar no início de setembro.

Engenheiros já são treinados no Centro Integrado de Treinamento da RAF Marham, parte de um investimento de £ 550 milhões na Estação, que também viu o reasfaltamento de pistas e a adição de novas plataformas de aterrissagem para permitir que os jatos pousem verticalmente.

“Depois de experimentar o excelente treinamento oferecido pelos nossos aliados dos EUA e alcançar um bom nível de experiência e conhecimento entre nossos instrutores, agora é a hora certa de mudar o Esquadrão 207 dos EUA para o Reino Unido”, disse o comandante da ala Scott Williams, oficial comandante do Esquadrão 207. “Estamos ansiosos para estarmos na Base da RAF de Marham e treinar nossos pilotos do F-35 aqui no Reino Unido.”

Esta é a terceira parcela de F-35 a chegar ao Reino Unido.

Os jatos F-35 do Esquadrão 617 ‘Dambusters’ chegaram ao seu novo lar permanente no ano passado e completaram sua primeira missão operacional na luta contra o Daesh em junho.

O F-35 é o maior programa de defesa do mundo e já gerou US$ 12,9 bilhões em pedidos.

Recentemente os caças F-35B da RAF foram usados em combate contra o Daesh no Iraque.

O Reino Unido está fornecendo 15% do valor de cada um dos mais de 3.000 F-35 definidos no livro de pedidos global.

Anúncios