Foi revelada a causa do acidente em julho que envolveu um caça F-16 da equipe de demonstrações Thunderbirds, pertencente a Força Aérea dos EUA (USAF).

Um mau funcionamento da manete de potencia e uma mudança inadvertida da manete resultaram na queda do F-16CM ao sul da Base da Força Aérea de Peterson, Colorado, no dia 2 de junho de 2016, de acordo com um relatório do Conselho de Investigação de Acidentes. O piloto havia se ejetado com pequenas lesões resultantes.

O acidente ocorreu depois de um sobrevoo na Academia da Força Aérea dos Estados Unidos em Colorado Springs. O F-16CM fazia parte de uma formação de seis aeronaves do Esquadrão de Demonstração Thunderbirds.

Após o início dos procedimentos de pouso, o piloto colocou inadvertidamente o a manete na posição de corte do motor, que corta o fluxo de combustível. Normalmente, tal ação não pode ocorrer a menos que um gatilho da manete seja acionado ou pressionado. No entanto, o gatilho da manete estava “preso” na posição “pressionado“. As investigações observaram um acúmulo de detritos no gatilho da manete, combinado com desgaste no conjunto do gatilho.

Uma vez que o corte do motor ocorreu, a aeronave imediatamente perdeu impulso. O piloto tentou os procedimentos de reinício do motor, mas a reinicialização foi impossível na baixa altitude da aeronave. O piloto atrasou com segurança sua ejeção até que ele navegou a aeronave para um campo de grama.

A aeronave, avaliada em aproximadamente US$ 29 milhões, foi destruída. Não houve danos conhecidos à propriedade civil. No momento do acidente, o piloto demonstração era qualificado, com mais de 1.200 horas voando o F-16 e um tempo de voo total de 1.447 horas. Ele retomou as demonstrações com a sua equipe.


FONTE: U.S Air Force

Anúncios

7 COMENTÁRIOS

  1. Gioooordani!!!!!

    Para tudo, posta algo sobre a Síria ai que caiu a casa dos maluco! Aquela guerra é uma mentira atrás da outra.
    Põe alguma coisa sobre a síria ai pra gente comentar!!!!

    Dá uma olhada nesse link, olhe os vídeos, olhe os comentários, olhe as fotos!!!!!

    É TUDO UMA ARMAÇÃO FUDIDA PRA TIRAR DINHEIRO DOS GOVERNOS DA OTAN!!!
    http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2016/12/the-

  2. Camarada perder um avião de milhões por causa de um gatilho de alguns dólares, isso doí no coração.

    • Não é raro acidente aeronautico por pouca coisa.
      Em 1992 durante uma exibição de 2° ETA em uma formatura militar do Dia do Aviador um Bandeirante perdeu uma porta que se destravou e foi arrancada pelo deslocamento do ar, batendo na cauda e travando o profundor, a porta caiu em cima da vila militar dos sargentos e o avião em cima do berçario do hospital(HARF).
      Ninguem morreu no hospital porque era horário de visita e as enfermeiras tinham ido levar os dois recem nascidos para os quartos das mães, mas morreram todos os tripulantes do avião. Minha esposa era enfermeira desde berçário, mas trabalhava a noite.
      A causa do acidente foi uma trava da porta que não travava direito, e como precisavam do avião para a formatura o mecanico na hora do voo decidiu travar o "trinco" da porta na posição fechado com arame de freno(Aço).
      Mas forçar o trinco na posição fechado não garantiu que a trava tivesse realmente entrado na sua posição, por defeito em uma lingueta gasta de uns 5 cm se perdeu um avião, cinco vidas e um berçário com todo o equipamento dentro. http://blogs.diariodepernambuco.com.br/diretodare

  3. Não lembro os detalhes, portanto me deem o devido desconto … mas tem um episódio do Mayday (eu acho) que um avião trimotor (acho que era um DC-10) caiu nos pantanos da Flórida porque uma lâmpada de "dez centavos de dólar" estava queimada!
    Quando o piloto baixou o trem de pouso a lâmpada da "quilha" ou "bequilha" não ficou verde, daí eles ficaram sobrevoando e tentando achar o problema até que sem querer desligaram o piloto automático e quando deram por si foi com o jato no pântano.
    Daí reza a lenda que alguns componentes desse avião acidentado foram usados em outros aviões e daí começaram a ver fantasmas no voos …

    • Jato trimotor c/ história de fantasmas foi o Lockheed L-1011 Tristar, pelo que eu me lembro o comandante teria aparecido algumas vezes e dito : " nunca mais ocorrerão acidentes c/ o L-1011 !". Coincidência, ou não, demorou anos p/ haver outro acidente c/ o Tristar …

Comments are closed.